domingo, 25 de outubro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Advogados são impedidos pela aeronáutica de representar cliente

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2007


Barrados

Advogados são impedidos pela aeronáutica de representar cliente

Os advogados Mário de Oliveira Filho e Rodrigo Carneiro Maia Bandieri ingressaram com mandado de segurança (MS 12612/07) no STJ contra o comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro-do-ar, Luiz Carlos da Silva Bueno. O HC foi distribuído hoje (8/2) para a ministra Denise Arruda.

Os advogados foram impedidos hoje (8/2) de representar a cliente, Rosane Prates Amorin Gutjahr, viúva de Rolf Ferdinando Gutjahr, uma das vítimas do vôo 1907, da Gol. Rosane foi convidada pelo Comandante da Aeronáutica para receber informações sobre as investigações do acidente aéreo que matou 154 pessoas e solicitou aos advogados que a representassem.

Segundo Mário de Oliveira Filho, a major Beatriz e seguranças da Aeronáutica impediram a entrada do advogado Rodrigo Bandieri, que lavrou no 10º DP de Brasília boletim de ocorrência por abuso de autoridade. A major afirmou que não entraria ninguém, principalmente advogado. Isto é uma restrição ilegal às prerrogativas do advogado, impedido de representar sua "cliente", afirmou Mário, que foi presidente da Comissão de Prerrogativas da OAB/SP.

_________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 9/2/2007 15:17