quarta-feira, 28 de outubro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Luiz Cláudio assume 32ª vaga do TJ/GO

"A Justiça não pode corrigir todos os males, mas pode ser pedagógica, apontar caminhos e, sobretudo, mostrar-se como possível. Frio e lúgubre seria o mundo onde não se divisasse o conserto da violência, da ganância e da crueldade." A afirmação é de Luiz Cláudio Veiga Braga, que assumiu ontem, dia 28, a 32ª vaga de desembargador, destinada ao ao quinto Constitucional. "À Justiça cabe a tarefa da utopia. Frear desmandos, garantir voz aos mudos, luz aos cegos, erguer pequenos e sossegar a impiedade e a ganância dos poderosos", acrescentou.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009


Solenidade

Luiz Cláudio Braga assume 32ª vaga do TJ/GO

"A Justiça não pode corrigir todos os males, mas pode ser pedagógica, apontar caminhos e, sobretudo, mostrar-se como possível. Frio e lúgubre seria o mundo onde não se divisasse o conserto da violência, da ganância e da crueldade."

A afirmação é de Luiz Cláudio Veiga Braga, que assumiu ontem, dia 28, a 32ª vaga de desembargador, destinada ao ao quinto Constitucional. "À Justiça cabe a tarefa da utopia. Frear desmandos, garantir voz aos mudos, luz aos cegos, erguer pequenos e sossegar a impiedade e a ganância dos poderosos", acrescentou.

A solenidade de posse, comandada pelo presidente do TJ/GO, desembargador José Lenar de Melo Bandeira, contou com a presença de Alcides Rodrigues, governador do Estado, e de Iris Rezende Machado, prefeito de Goiânia, além de outras autoridades.

O novo desembargador foi indicado para o cargo em sessão extraordinária realizada no dia 15/12, quando a Corte Especial do TJ/GO formou lista tríplice, composta também pelos procuradores Nilo Mendes Guimarães e Eliane Ferreira Fávaro. O decreto que nomeou Luiz Cláudio para o cargo foi assinado no dia 6 de janeiro pelo governador Alcides Rodrigues.

"Estou certo de que serão gratos os meus dias no seio do TJ/GO. Que posso ter o orgulho de participar da sinergia desta Corte na busca da melhor resposta às expectativas dos jurisdicionados, no contexto de um Poder que se exalta na tarefa de examinar, acolher e decidir", afirmou ele.

__________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 29/1/2009 09:32