sexta-feira, 23 de outubro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Pedra fundamental do Foro Cível de Porto Alegre/RS será lançada na segunda-feira

Na próxima segunda-feira, dia 9/2, às 10h, será lançada a pedra fundamental do novo edifício do Foro Cível de Porto Alegre. O Presidente do TJ/RS, Desembargador Arminio José Abreu Lima da Rosa estará presente à solenidade. O novo prédio estará localizado no bairro Praia de Belas entre as ruas Manoelito de Ornellas, Dolores Alcaraz Caldas e avenidas Ipiranga e Edvaldo Pereira Paiva.

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009


Novo prédio

Pedra fundamental do Foro Cível de Porto Alegre/RS será lançada na segunda-feira

Na próxima segunda-feira, dia 9/2, às 10h, será lançada a pedra fundamental do novo edifício do Foro Cível de Porto Alegre. O Presidente do TJ/RS, Desembargador Arminio José Abreu Lima da Rosa estará presente à solenidade. O novo prédio estará localizado no bairro Praia de Belas entre as ruas Manoelito de Ornellas, Dolores Alcaraz Caldas e avenidas Ipiranga e Edvaldo Pereira Paiva.

A empreiteira TECON - Tecnologia em Construções Ltda., escolhida por licitação, deverá concluir a obra em três anos.

Funcionarão no Foro Cível as Varas de Família e Sucessões, Cíveis, da Fazenda, de Registro Público, de Falências e Concordatas, de Acidentes de Trabalho e de Precatórias Cíveis, que atualmente estão no edifício do Foro Central.

O local atual concentra o atendimento Cível e Criminal e apresenta um um fluxo médio de 13 mil pessoas por dia, além dos mil servidores. Foi projetado em 1977 e encontra-se no limite de ocupação e funcionamento, devido ao aumento da demanda de ações.

O novo prédio foi planejado para atender o aumento no número de processos cíveis dos próximos 30 anos, além de oferecer maior espaço para as varas.

Obra com recursos próprios

A obra será viabilizada com recursos do Fundo de Reaparelhamento do Poder Judiciário - FRPJ, que administra os rendimentos dos depósitos judiciais. Serão 22 pavimentos, sendo que 17 comportarão as 41 Varas Cíveis. No andar térreo, estarão localizados serviços de protocolo, informações, certidões e alvarás, central de correspondências, telefonia, central de cópias, contadoria, distribuição e Oficiais de Justiça.

Haverá também um auditório público com acesso alternativo e independente, restaurante, lancheria, posto de correios e bancário. Junto ao prédio será edificado o estacionamento com cinco pavimentos e 666 vagas.

_________________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 5/2/2009 08:48