domingo, 29 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

IAMG - Instituição jurídica mais antiga do estado completa 94 anos e faz a entrega de sua Medalha

O IAMG - Instituto dos Advogados de Minas Gerais completará, amanhã, 7/3, 94 anos de fundação. Para celebrar a data, está marcada para hoje, 6/3, sessão solene, quando será entregue a Medalha do IAMG e empossados os membros da diretoria, conselhos e diretores de departamentos reeleitos para a gestão do triênio 2009/2011, de acordo com eleições ocorridas em fevereiro.

sexta-feira, 6 de março de 2009


IAMG

Instituição jurídica mais antiga do estado completa 94 anos e faz a entrega de sua Medalha

O IAMG - Instituto dos Advogados de Minas Gerais completará, amanhã, 7/3, 94 anos de fundação. Para celebrar a data, está marcada para hoje, 6/3, sessão solene, quando será entregue a Medalha do IAMG e empossados os membros da diretoria, conselhos e diretores de departamentos reeleitos para a gestão do triênio 2009/2011, de acordo com eleições ocorridas em fevereiro.

A cerimônia será no Auditório da OAB/MG, a partir das 19h30, e contará ainda com a posse de novos associados. O anfitrião da noite será o presidente do Instituto dos Advogados mineiro reeleito, o advogado José Anchieta da Silva.

Fundado em 7 de março de 1915 por um seleto grupo de juristas mineiros, o Instituto dos Advogados de Minas Gerais é a instituição do gênero mais antiga do estado, sendo seu primeiro presidente o renomado jurista Francisco Mendes Pimentel.

Carinhosamente chamado como a Casa Mendes Pimentel, o Instituto se caracteriza mais pelo conhecimento e pela participação do advogado na vida social e política, como se espera de uma academia do conhecimento jurídico, ao contrário da OAB, que tem função mais representativa da classe e regulatória da atividade. Foi a partir da criação do Instituto dos Advogados Brasileiros, ao qual o IAMG está filiado, que foi possível a fundação da OAB - Conselho Federal e das seções dos estados.

Dentro das comemorações dos 94 anos do Instituto dos Advogados de Minas Gerais, serão condecorados os seis profissionais escolhidos para a Medalha do IAMG. Os agraciados com a comenda do Instituto e sua respectiva categoria este ano são: Washington Peluso Albino de Souza (Magistério), Décio Fulgêncio Alves da Cunha (Advogado), Marco Antonio Monteiro de Castro (Delegado), Des. Sérgio Antônio de Resende (Magistratura), Jarbas Soares Júnior (Ministério Público) e Lakowsk Dolga (Servidoria da Justiça).

Conheça um pouco mais sobre os agraciados com a Medalha do Instituto dos Advogados de Minas Gerias:

Décio Fulgêncio Alves da Cunha, advogado

Professor de Direito Penal da Faculdade Milton Campos, o advogado Décio Fulgêncio Alves da Cunha formou-se em Direito, em 1946, pela Universidade Federal de Minas Gerais. Membro do Conselho Estadual de Criminologia e Política Criminal de Minas Gerais, Cunha atuou como juiz efetivo e substituto do Tribunal Regional Eleitoral. Foi professor das disciplinas de Direito Penal e Direito Judiciário Penal na PUC Minas e Conselheiro da OAB.

Jarbas Soares Junior, MP

Procurador-geral de Justiça Adjunto Institucional do Estado de Minas Gerais, o professor Jarbas Soares Junior, formou-se em Direito em 1989, pela PUC/MG. Atualmente Soares preside a Associação Brasileira do Ministério Público do Meio Ambiente, integra o Conselho Nacional de Meio Ambiente e a diretoria da ONG "O Direito por um Planeta Verde", dedicada ao estudo do direito ambiental. Jarbas Soares foi Procurador-Geral de Justiça do Estado de Minas Gerais e presidiu, também em Minas, o Conselho Superior do Ministério Público, a Câmara de Procuradores de Justiça e o Colégio de Procuradores de Justiça.

Lakowsky Dolga, servidoria da justiça

Assessor Jurídico do TJ/MG, o professor Lakowsky Dolga é bacharel em Direito pela Faculdade Milton Campos e licenciado em Matemática pelo Instituto Cultural Newton de Paiva. Desde 1983, Dolga leciona na Faculdade de Direito Milton Campos. Atualmente, é professor da disciplina Direito Administrativo. No TJMG, foi chefe do serviço de Secretaria das Câmaras, oficial de gabinete do diretor-geral, diretor de pessoal, coordenador, assessor especial e secretário da Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes.

Marco Antônio Monteiro de Castro, delegado

Chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, o delegado geral Marco Antônio Monteiro de Castro, formou-se em direito pela PUC-Minas Gerais. Iniciou a carreira policial como delegado em Mogi das Cruzes, São Paulo. No retorno a Minas foi delegado em Barão de Cocais e Itaúna. Titular da Divisão de Crimes contra a Vida, trabalhou na 6ª Seccional de Contagem, antes de assumir a coordenação da terceira Delegacia de Homicídios. Foi o titular da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos do Detran e assessor do chefe de polícia, delegado regional de Ipatinga e chefe da Divisão de Crimes contra a Vida-DI. Presidente do Conselho Superior de Polícia Civil. É membro do Conselho de Defesa Social do Estado.

Sérgio Antônio de Resende, magistratura

Presidente do TJ/MG, o desembargador Sérgio Antônio de Resende concluiu seu bacharelado em direito em 1963, pela Faculdade de Direito do Triângulo Mineiro, com sede em Uberaba (MG). Na magistratura, Resende atuou como juiz de direito das cidades de Poço Fundo, Nova Ponte, Cássia, São Sebastião do Paraíso, Divinópolis e Belo Horizonte. Ele também lecionou as disciplina de Deito Processual Civil e Prática Processual Penal na Faculdade de Direito do Oeste de Minas. Na Faculdade de Direito Milton Campos, foi professor de Direito Processual Civil. Sérgio Antônio de Resende foi ainda vereador da Câmara Municipal de Sacramento (MG) e auditor-substituto do Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Mineira de Futebol.

Washington Peluso Albino de Souza, magistério

O jurista Washington Peluso Albino de Souza ingressou na Faculdade de Direito da UFMG em 1933 e, em 1938, tornou-se professor de Economia Política na Universidade. Considerado um pioneiro do Direito Econômico no Brasil, foi responsável, em 1972, pela introdução na grade curricular do curso, da disciplina Direito Econômico. Professor Emérito da Faculdade de Direito da UFMG, onde se dedicou ao magistério de 1942, obtendo os títulos de livre docente, doutor e titular. Foi chefe do Departamento de Direito Público, coordenador de cursos de pós-graduação e, finalmente, diretor. Membro do Conselho Curador da Fundação Brasileira de Direito Econômico, sendo um de seus fundadores em 1972 e membro da Association Internacionale de Droit Èconomique, Bélgica. É autor de inúmeros artigos e livros jurídicos, entre os quais "Teoria da Constituição Econômica".

Eleições do IAMG

Em 17 de fevereiro ocorreram as eleições estatutárias para o triênio 2009/2011 na qual a única chapa inscrita foi a vencedora, com praticamente 100% dos votos válidos. A chapa foi encabeçada pelo então presidente do Instituto dos Advogados mineiro, o advogado José Anchieta da Silva.

"O comparecimento dos associados ao Instituto foi muito significativo. Recebermos voto de confiança para prosseguir com as nossas propostas", avaliou José Anchieta. Nesse mesmo dia, ocorreram eleições para a escolha das diretorias das secionais de Juiz de Fora, Uberlândia, Uberaba e Montes Claros.

José Anchieta reiterou o compromisso de alavancar o crescimento do Instituto.

"Minas tem muitas inteligências no campo jurídico que ainda não pertencem ao nosso quadro de associados. Pretendemos interiorizar muitas regiões com densidade científica suficiente para ter uma sessão do Instituto. Na gestão anterior criamos as seções de Montes Claros e Uberlândia. Para esta administração a proposta é criar as seções de Sul de Minas e Vale do Aço, que virão a somar-se às já instituídas secionais de Uberaba e Juiz de Fora. Entre ações que nos propomos para este ano está ainda a modernização na estrutura administrativa do Instituto", descreveu.

_________

  • Confira abaixo como ficou definido o quadro de diretores do IAMG (sede e seções do interior do estado) :

DIRETORIA

José Anchieta da Silva - Presidente
Luiz Ricardo Gomes Aranha - Vice-Presidente
José Brígido Pereira Pedras Júnior - Primeiro Secretário
Leonardo de Faria Beraldo - Segundo Secretário
Welington Luzia Teixeira - Tesoureiro

CONSELHO SUPERIOR

Aristoteles Dutra de Araújo Atheniense
Eugenio Klein Dutra
Orlando de Oliveira Vaz Filho
Osmar Barbosa
Carlos Mário da Silva Velloso

COMISSÃO DE SELEÇÃO

Ricardo Arnaldo Malheiros Fiuza
Lúcia Massara
Maria Isabel Vianna de Oliveira Vaz

CONSELHO FISCAL

Raul de Araújo Filho
Maria Beatriz Conde Pellegrino
Antonio Augusto Mercêdo Moreira

SUPLENTES CONSELHO FISCAL

Aroldo Plínio Gonçalves
José Marrara
Evandro França Magalhães

REVISTA DO IAMG

Ricardo Arnaldo Malheiros Fiuza
Leonardo de Faria Beraldo

_____________

IAMG - Secionais

UBERABA

Claudiovir Delfino - Presidente
Diamantino Silva Filho - 1º Vice-Presidente
Gilberto Martins Vasconcelos - 2º Vice-Presidente
Lídia Maria Prata Ciabotti - 1º Secretário
Geraldo de Souza Brasil - 2º Secretário
Vicente de Paulo Cunha Braga - 1º Tesoureiro
Aélio Paropat Souza - 2º Tesoureiro

JUIZ DE FORA

Francisco Xavier Amaral - Presidente
João Bosco Cascardo de Gouvêa - Vice-Presidente
Marcus de Lima Moreira - 1º Secretário
Márcio Carvalho Faria - 2º Secretário
Almir de Oliveira - Tesoureiro

MONTES CLAROS

Dalton Caldeira Rocha - Presidente
Cynara Silde Mesquita Veloso - Vice-Presidente
Eluiz Antônio Ribeiro Mendes e Bispo - 1º Secretário
Denise Moreira Prates - 2º secretario
Daniel Arthur Quaresma da Costa - Tesoureiro

UBERLÂNDIA

Elza Maria Alves Canuto - Presidente
Roberto Silvestre Bento - Vice-Presidente
Yvonne de Sousa - Tesoureira
Ana Paula Crosara de Resende - 1ª - Secretária
Gil Ferreira de Mesquita - 2º Secretário

_________________

_________________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 6/3/2009 07:32