domingo, 24 de janeiro de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

CPI da Petrobras é instalada e João Pedro é eleito presidente

Foi instalada ontem, 14/7, a CPI da Petrobras. Conforme já previa a própria oposição, a base do governo conseguiu indicar o presidente e o relator da comissão: respectivamente, os senadores João Pedro (PT/AM) e Romero Jucá (PMDB/RR). Assim que foi eleito, João Pedro anunciou que a próxima reunião do colegiado ocorrerá no dia 6/8, logo após o recesso.

quarta-feira, 15 de julho de 2009


Inquérito

CPI da Petrobras é instalada e João Pedro é eleito presidente

Foi instalada ontem, 14/7, a CPI da Petrobras. Conforme já previa a própria oposição, a base do governo conseguiu indicar o presidente e o relator da comissão: respectivamente, os senadores João Pedro (PT/AM) e Romero Jucá (PMDB/RR). Assim que foi eleito, João Pedro anunciou que a próxima reunião do colegiado ocorrerá no dia 6/8, logo após o recesso.

Os senadores Alvaro Dias (PSDB/PR), Arthur Virgílio (PSDB/AM), Sérgio Guerra (PSDB/PE) e José Agripino (DEM/RN) criticaram a base do governo por acumular os cargos de presidente e relator. Eles argumentaram que haveria uma tradição na Casa segundo a qual o comando das CPIs seria dividido com a oposição. Para Alvaro Dias, "esse desrespeito à tradição faz da comissão uma CPI chapa-branca". Já Agripino avaliou que o empenho do governo em acumular esses cargos revela "seu temor quanto às possíveis conclusões das investigações a serem feitas".

Ao contestar esses parlamentares, o líder do PT no Senado, Aloizio Mercadante (SP), declarou que essa tradição nunca existiu. Ele lembrou aos colegas que durante o governo do presidente Fernando Henrique Cardoso o PT não ocupou a relatoria de nenhuma CPI.

João Pedro foi eleito com 8 votos, enquanto o candidato da oposição, Alvaro Dias, recebeu 3 votos. A primeira decisão de João Pedro, após ser confirmado no cargo, foi utilizar sua prerrogativa de presidente da CPI para indicar Romero Jucá como relator da comissão. Companheiro de chapa de João Pedro, o senador Marcelo Crivella (PRB/RJ) foi eleito vice-presidente da CPI.

Fundação Sarney

Questionado por jornalistas se a Fundação Sarney - acusada de desviar recursos da Petrobras - será investigada pelo colegiado, Romero Jucá respondeu que essa questão ainda será analisada pela CPI.

"Vamos avaliar. Ainda não há nenhuma decisão", disse ele.

Romero Jucá informou que apresentará, na próxima reunião, em 6 de agosto, sua proposta de trabalho. Além disso, João Pedro afirmou que nesse dia também haverá apreciação de requerimentos - os senadores Alvaro Dias e Antonio Carlos Júnior (DEM/BA) apresentaram já nesta terça-feira uma série de solicitações de depoimentos e informações sobre a estatal, entre outros pedidos.

_____________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 15/7/2009 08:16