quinta-feira, 26 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Resultado da promoção Especial : Dia do Professor

quarta-feira, 14 de outubro de 2009


Promoção Especial : Dia do Professor

No Brasil, o Dia do Professor é comemorado em 15/10. Para festejar a data e prestigiar os mestres, Migalhas preparou uma semana especial e exclusiva de sorteios para os professores.

Serão quatro dias e quatro educadores premiados. O segundo mestre premiado receberá em casa o título "Curso de Direito Constitucional" (Impetus - 2ª edição - 805p.), de Guilherme Peña de Moraes.

Para participar o PROFESSOR deverá enviar um e-mail com nome completo, instituição que leciona e disciplina que ministra. (Clique aqui)

Conheça a obra e não deixe de participar !

"Curso de Direito Constitucional" (Impetus - 2ª edição - 805p.)

A obra, de Guilherme Peña de Moraes, é densa, profunda e moderna, contendo, demais disso, referto números de informações doutrinárias acomodadas, de forma sistêmica, em notas de rodapé, no melhor estilo acadêmico, atributos que lhe emprestam, além de qualificação, foros de excelência, de sorte a permitir ao leitor o aprofundamento de pesquisas nas variadas dimensões dos temas cogitados, inclusive no plano do direito alienígena. Com efeito, propusemo-nos a analisar novos temas de Direito Constitucional, como, por exemplo, a modulação temporal dos efeitos da decisão de constitucionalidade e o poder normativo primário dos Conselhos Nacionais de Justiça e do Ministério Público, tendo sido articulados comentários acerca da perda de mandado eletivo por procedimento incompatível com o decoro parlamentar.


Sobre o autor :

Guilherme Peña de Moraes é membro do MP do Estado do Rio de Janeiro. Mestre em Direito Constitucional pela PUC/Rio. Doutorando em Direito Constitucional pela PUC/SP. Professor de Direito Constitucional da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ).

_______________

Ganhadora :


Ana Luiza Chalusnhak, professora de Direito Constitucional, na UNICURITIBA, em Curitiba/PR

____________

_______
___________

  • No Brasil

No dia 15/10/1827 (dia consagrado à educadora Santa Teresa de Ávila), Pedro I, Imperador do Brasil baixou um Decreto Imperial que criou o Ensino Elementar no Brasil. Pelo decreto, "todas as cidades, vilas e lugarejos tivessem suas escolas de primeiras letras". Esse decreto falava de bastante coisa: descentralização do ensino, o salário dos professores, as matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados. A idéia, inovadora e revolucionária, teria sido ótima - caso tivesse sido cumprida.

Mas foi somente em 1947, 120 anos após o referido decreto, que ocorreu a primeira comemoração de um dia efetivamente dedicado ao professor.

Começou em São Paulo, em uma pequena escola no número 1520 da Rua Augusta, onde existia o Ginásio Caetano de Campos, conhecido como "Caetaninho". O longo período letivo do segundo semestre ia de 1/6 a 15/12, com apenas dez dias de férias em todo este período. Quatro professores tiveram a idéia de organizar um dia de parada para se evitar a estafa - e também de congraçamento e análise de rumos para o restante do ano.

O professor Salomão Becker sugeriu que o encontro se desse no dia de 15/10, data em que, na sua cidade natal, Piracicaba, professores e alunos traziam doces de casa para uma pequena confraternização. A sugestão foi aceita e a comemoração teve presença maciça - inclusive dos pais. O discurso do professor Becker, além de ratificar a idéia de se manter na data um encontro anual, ficou famoso pela frase "Professor é profissão. Educador é missão". Com a participação dos professores Alfredo Gomes, Antônio Pereira e Claudino Busko, a idéia estava lançada.

A celebração, que se mostrou um sucesso, espalhou-se pela cidade e pelo país nos anos seguintes, até ser oficializada nacionalmente como feriado escolar pelo Decreto Federal 52.682, de 1410/1963. O Decreto definia a essência e razão do feriado: "Para comemorar condignamente o Dia do Professor, os estabelecimentos de ensino farão promover solenidades, em que se enalteça a função do mestre na sociedade moderna, fazendo participar os alunos e as famílias".

___________


Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 9/10/2009 10:06