domingo, 29 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Sérgio Resende instala vara em Ibirité/MG

Foi instalada dia 6/11, a vara Criminal e da Infância e da Juventude da comarca de Ibirité, a 21 km de Belo Horizonte. Durante a audiência solene, o presidente do TJ/MG, desembargador Sérgio Resende, destacou a movimentação processual da comarca e a necessidade de instalação de uma nova vara na região. Mensalmente, Ibirité tem 1,5 mil novos processos distribuídos.

segunda-feira, 9 de novembro de 2009


Audiência solene

Sérgio Resende instala vara em Ibirité/MG

Foi instalada dia 6/11, a vara Criminal e da Infância e da Juventude da comarca de Ibirité, a 21 km de Belo Horizonte. Durante a audiência solene, o presidente do TJ/MG, desembargador Sérgio Resende, destacou a movimentação processual da comarca e a necessidade de instalação de uma nova vara na região. Mensalmente, Ibirité tem 1,5 mil novos processos distribuídos. O acervo no local é de cerca de 14 mil ações em andamento. "A comarca tem alto índice de crescimento e, consequentemente, questões sociais emergentes", afirmou. A solenidade de instalação foi realizada no auditório da Secretaria Municipal de Educação de Ibirité.

A juíza Soraya Brasileiro Teixeira, diretora do Foro, afirmou que a instalação da vara é motivo de muita satisfação para toda a comunidade e, em especial, para todos os juízes que já passaram pela comarca. "Essa é uma cidade onde os servidores e a população têm muita garra. Todos procuram construir uma cidade melhor", lembrou. A magistrada afirmou que a comarca precisa de muitos investimentos e que a instalação da nova vara é apenas um passo no trabalho do Judiciário na região. "Ibirité ocupa hoje o 17º lugar no ranking do Índice de Homicídios entre Adolescentes (IDHA) do Brasil. Uma vara da infância e da juventude e da área criminal, com certeza, vai melhorar o trabalho", disse.

Mariana Siani, juíza cooperadora que vai assumir o trabalho na vara até o provimento da vaga de juiz, confirmou que a região tem muitos casos de crimes dolosos contra a vida. "Temos realizado sessões do Júri pelo menos duas vezes por semana. Essa é uma vara trabalhosa, que reúne prioridades, como feitos da infância e da juventude e da área criminal", lembrou.

Com a instalação da vara Criminal e da Infância e da Juventude, as duas varas cíveis, criminais e de execuções criminais da comarca de Ibirité passarão a atuar apenas com competência cível. Os processos criminais e os feitos relativos à infância e à juventude, bem como as cartas precatórias criminais, em andamento na comarca, serão redistribuídos a partir de agora, passando a tramitar na nova vara. Além das três varas da Justiça comum, a comarca de Ibirité tem também um Juizado Especial.

Comunidade

A instalação da nova vara foi vista com otimismo pela comunidade e pelas autoridades. "A expectativa de funcionamento de uma nova vara é a melhor possível, porque a demanda é grande", afirmou o delegado regional da Polícia Civil Wilson Luiz Dias Gouveia. O comandante da 214ª Companhia da Polícia Militar, capitão Paulo Henrique Cardoso, disse que o sistema de defesa social sai ganhando quando os procedimentos da Justiça são mais ágeis: "Diminui a sensação de impunidade".

O descerramento da placa da instalação da nova vara foi feito pelo presidente Sérgio Resende, pela juíza Soraya Brasileiro Teixeira e pela desembargadora Cláudia Maia, integrante da 13ª câmara Cível do TJ/MG. A desembargadora foi a primeira juíza da comarca.

Além do presidente do TJ/MG, desembargador Sérgio Resende, da diretora do Foro da comarca de Ibirité, juíza Soraya Brasileiro Teixeira, e da desembargadora Cláudia Maia, compuseram a mesa de honra o juiz auxiliar da Corregedoria-Geral de Justiça, José Osvaldo Corrêa Furtado de Mendonça, representando o corregedor-geral de Justiça, desembargador Célio César Paduani, a promotora de Justiça da comarca de Ibirité, Patrícia de Oliveira Parisi, representando o procurador-geral de Justiça, Alceu José Torres Marques, o prefeito municipal Laercio Marinho Dias, e o presidente da subseção da OAB/Betim, Carlos Venâncio, representando o presidente da entidade, Raimundo Candido Junior.

________________________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 9/11/2009 14:22