O que saiu em Migalhas sobre Adalberto Pasqualotto

O que saiu em Migalhas sobre Adalberto Pasqualotto

Adalberto Pasqualotto

Adalberto Pasqualotto

Migalheiro desde outubro/2016.

/amanhecidas
quinta-feira, 30/7/2020

MIGALHAS nº 4.905

Informações jurídicas de quinta-feira, 30 de julho de 2020.

...to de risco no CDC, por Adalberto Pasqualotto. (Clique aqui) Investimentos financeiros Descubra a importância de manter ativos de renda variável na carteira de investimentos com o BTG Pactual digital. (Clique aqui) Migalhas O lugar para ver e ser visto...
/depeso
segunda-feira, 30/3/2020

A covid-19 e a (im)possibilidade de resolver antecipadamente o contrato de prestação de serviços educacionais, sem ônus, no âmbito das instituições privadas de ensino superior

Ana Carolina Sarmento Vidal Meneses e Sílvio Latache de Andrade Lima.

Poderia o aluno pleitear a quebra antecipada do contrato, sem qualquer penalidade contratual, alegando impossibilidade superveniente do objeto (inocorrência das aulas presenciais)?

... professor. Como muito bem dispuseram Adalberto Pasqualotto e Amanda Travincas6, o tipo de relação que se estabelece entre professor e aluno atina-se a uma relação de parceria ou de negócio plurilateral, in verbis: (...) corresponde a um modelo jurídico-negocial...
/amanhecidas
segunda-feira, 5/11/2018

MIGALHAS nº 4.475

Informações jurídicas de segunda-feira, 5 de novembro de 2018.

...Tabaco", organizado por Adalberto de Souza Pasqualotto, Eugênio Facchini Neto e Fernanda Nunes Barbosa. O evento será em Brasília, no Espaço Cultural STJ, das 18h30 às 21h. (Clique aqui) Acontece, no próximo dia 9, o...
/depeso
segunda-feira, 3/10/2016

Um congresso para repensar a questão do tabaco

Empresas foram condenadas a indenizar fumantes que contraíram doenças relacionadas ao tabaco.

...praticando. _____________________ *Adalberto Pasqualotto é advogado e professor de Direito do Consumidor na PUC/RS.
/amanhecidas
segunda-feira, 3/10/2016

MIGALHAS nº 3.960

Informações jurídicas de segunda-feira, 3 de outubro de 2016.

...de Direito do Consumidor, Adalberto Pasqualotto, ao discorrer sobre o congresso que será realizado pela ACTbr - Aliança de Controle do Tabagismo para repensar a questão do tabaco. (Clique aqui) Remédio de alto custo De...
/amanhecidas
quarta-feira, 22/6/2016

MIGALHAS nº 3.888

Informações jurídicas de quarta-feira, 22 de junho de 2016.

...- 275p.), organizada por Adalberto Pasqualotto, é Douglas Blanca, de Ribeirão Preto/SP. (Clique aqui)Sorteio de obra : O título "Processo Civil Brasileiro" (Del Rey - 361p.), coordenado por Humberto Theodoro Júnior, vai...
/coluna/lauda-legal
quarta-feira, 22/6/2016

Publicidade de Tabaco

Conheça a obra "Publicidade de Tabaco".

...e Colômbia. Sobre o organizador : Adalberto Pasqualotto é professor de Direito do Consumidor nos cursos de graduação e pós-graduação em Direito da PUC/RS. Seu primeiro artigo sobre defesa do consumidor, publicado em...
/amanhecidas
terça-feira, 21/6/2016

MIGALHAS nº 3.887

Informações jurídicas de terça-feira, 21 de junho de 2016.

...do Direito do Consumidor Adalberto Pasqualotto, examina o tema sob diferentes ângulos. Leia a resenha de Roberta Resende e torça para ser agraciado com o exemplar, uma gentileza da Editora Atlas. (Clique aqui) Lançamento...
/quentes
sexta-feira, 21/11/2014

Resultado da Promoção Natal Migalhas 2014

Já é Natal em Migalhas. Veja se você receberá a visita do papai Noel migalheiro.

...Proteção da Infância", Org: Adalberto Pasqualotto e Ana Maria Blanco Montiel Alvarez - Livraria do Advogado Editora Marco Antônio Oliveira, analista legislativo, Senado Federal, Brasilia/DF - "Curso Avançado de Processo...
/depeso
segunda-feira, 14/5/2012

A marca como elemento de propaganda e publicidade: a controvérsia entre o CONAR e o INPI

Patrícia Luciane de Carvalho

É necessário que o CONAR reconheça a diferença entre suas funções com as do INPI e de qualquer outra esfera da Administração Pública, sob pena de perpetrar abusividades e ilegalidades.

...exercício. Na opinião de Adalberto Pasqualotto20: "Os estatutos da entidade (CONAR) não lhe outorgam nenhum poder coativo - e, de qualquer modo, esse poder sempre seria limitado, por se tratar de sociedade...
Não há mais resultados para serem exibidos.