O que saiu em Migalhas sobre Alberto Gentil
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Alberto Gentil

Alberto Gentil de Almeida Pedroso

Alberto Gentil de Almeida Pedroso

Migalheiro desde dezembro/2020.

Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Juiz Assessor da Corregedoria Geral da Justiça nos biênios 2012-2013 (gestão do Des. José Renato Nalini) e 2014-2015 (Des. Hamilton Akel) 2016-2017 (Des. Manoel Pereira Calças) 2020-2021 (Des. Ricardo Anafe) Juiz de Direito integrante da 2ª Turma Cível do Colégio Recursal da Comarca de Santo André /SP. Especialista e Mestre em Direito. Professor da Escola Paulista da Magistratura nos cursos de pós-graduação em Direito Civil, Direito Processual Civil e Registros Públicos. Professor e Coordenador do Curso Fórum. Autor de diversas obras jurídicas, notadamente sobre registros públicos.

/amanhecidas
terça-feira, 22/9/2020

MIGALHAS nº 4.942

Informações jurídicas de terça-feira, 22 de setembro de 2020.

...o magistrado e professor Alberto Gentil, coordenador da coletânea. (Clique aqui) Na compra da obra "A Nova Campanha Eleitoral", coordenada por Igor Pereira Pinheiro, da Editora Mizuno, você recebe o e-book com dois capítulos para se...
MIGALHAS nº 4.942
/depeso
segunda-feira, 18/5/2009

Filhos de criação: o valor jurídico do afeto na entidade familiar

Janaína Rosa Guimarães

A sociedade é dinâmica e se transforma a cada momento, novas formas de relacionamento são construídas, novas estruturas econômicas e políticas são consolidadas, e o direito e a forma de aplicá-lo devem estar em constante desenvolvimento par...

A sociedade é dinâmica e se transforma a cada momento, novas formas de relacionamento são construídas, novas estruturas econômicas e políticas são consolidadas, e o direito e a forma de aplicá-lo devem estar em constante desenvolvimento par...
Filhos de criação: o valor jurídico do afeto na entidade familiar
/depeso
sexta-feira, 21/7/2006

Anotações à Ementa nº 2 do Ementário nº 3/2006 das turmas recursais cíveis do TJERJ. Inexistência de dano moral na hipótese de objeto estranho encontrado no interior de garrafa de bebida

Patricia Santa Maria Charpentier e Andrea Maturano Rodrigues

Em 29 de março de 2006, foi publicado no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro o Ementário nº 3/2006 das Turmas Recursais Cíveis do TJERJ...

Em 29 de março de 2006, foi publicado no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro o Ementário nº 3/2006 das Turmas Recursais Cíveis do TJERJ...
Anotações à Ementa nº 2 do Ementário nº 3/2006 das turmas recursais cíveis do TJERJ. Inexistência de dano moral na hipótese de objeto estranho encontrado no interior de garrafa de bebida
Não há mais resultados para serem exibidos.