O que saiu em Migalhas sobre Castelo Branco
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Castelo Branco

Veja o que saiu no Migalhas sobre Castelo Branco
Dóris de Souza Castelo Branco

Dóris de Souza Castelo Branco

Migalheira desde dezembro/2009.

Sócia do escritório Martorelli Advogados.

Fernando Castelo Branco

Fernando Castelo Branco

Migalheiro desde junho/2017.

Advogado criminal, professor de Processo Penal da PUC/SP e sócio de Castelo Branco Advogados Associados.

Lucas Faillace Castelo Branco

Lucas Faillace Castelo Branco

Migalheiro desde fevereiro/2018.

Mariana Castelo Branco

Mariana Castelo Branco

Migalheira desde maio/2020.

Ney Castelo Branco Neto

Ney Castelo Branco Neto

Migalheiro desde maio/2020.

Doutorando em Direito pela Universidade Católica de Pernambuco. Mestre em Direito pela Universidade Católica de Pernambuco. Advogado, sócio do escritório Maia & Castelo Branco Advogados.

Paulo Castelo Branco

Paulo Castelo Branco

Migalheiro desde abril/2017.

Tales Castelo Branco

Tales Castelo Branco

Migalheiro desde março/2016.

/depeso
sexta-feira, 22/1/2021

Candidato a ditador

O presidente Jair Bolsonaro deve voltar atrás, se desdizer e admitir que deve fidelidade à Constituição. Ou renunciar.

... Pinochet. Como disse o general Castelo Branco em discurso na Escola Superior de Guerra, antes de ser presidente, se adotarmos o regime militar “ele entrará pela força, se manterá pela força e sairá pela força”. Jair Bolsonaro tem manobrado desde...
Candidato a ditador
/coluna/porandubas-politicas
quarta-feira, 20/1/2021

Porandubas nº 701

Abro a coluna com uma historinha de PE, já contada e sempre requisitada. "O verbo não vareia" A Câmara Municipal de Paulista/PE vivia sessão agitada em função da discussão de um projeto enviado pelo prefeito, que pedia crédito para assi...

... Planejamento do presidente Castelo Branco, foi a Recife, em 1965, e na Sudene fiz a ele a pergunta: "ministro, sua estratégia é a de pulverizar a distribuição de verbas no Nordeste"? Embutia a ideia de uma distribuição pequena, migalhas, para cada...
Porandubas nº 701
/coluna/porandubas-politicas
quarta-feira, 6/1/2021

Porandubas nº 699

Abro a primeira coluna do ano com uma historinha de Caruaru. Uma infelicidade Em Caruaru/PE, o coronel João Guilherme, senador estadual e chefe político, comprou a um matuto um cavalo de sela. Cavalo bonito, mas com a pálpebra caída. Ce...

... atribuíam, por exemplo, a Castelo Branco. Na verdade, o capitão está muito embaixo da régua do preparo e da competência, não apenas pela pequena formação obtida até o grau de tenente, sua patente antes de se aposentar, mas pela conduta que foge...
Porandubas nº 699
/depeso
terça-feira, 5/1/2021

Diretas Já!

Afinal, o que se passa com o Estado que governou o Brasil até 1961?

... mediante o qual o presidente Castelo Branco converteu o Congresso em Assembleia Nacional “para se reunir extraordinariamente no período compreendido entre 12/12/66 e 24/1/67”, a fim de aprovar a nova lei constitucional do Brasil; o AI-5, de 13/12/68...
Diretas Já!
/depeso
terça-feira, 13/10/2020

Breve história do STF

Estamos na oitava; seis abatidas por golpes de Estado. Para não ser acusado de falhar à República, o Supremo deve aplicá-la quando provocado e defendê-la, quando exigido. É o que a Nação espera de onze magistrados.

... enviada pelo presidente Castelo Branco. Reagindo ao ato presidencial, declarou Ribeiro da Costa: “Já é tempo de que os militares se compenetrem de que nos regimes democráticos não lhes cabe o papel de mentores da nação, como há pouco o fizeram,...
Breve história do STF
/pilulas
quinta-feira, 10/9/2020

Baú migalheiro

Há 116 anos, em 10 de setembro de 1904, nasceu José Eduardo do Prado Kelly. Advogado, jurista, poeta, jornalista e magistrado brasileiro. Foi deputado Federal, ministro da Justiça, presidente nacional da OAB e ministro do STF. Foi eleito ...

... em 1965 pelo presidente Castelo Branco, chegou ao mesmo Tribunal de que participara seu pai, Otávio Kelly, tendo sido a primeira vez que isso ocorreu na história da Suprema Corte. Faleceu na cidade do Rio de Janeiro, no dia 11 de novembro de 1...
Baú migalheiro
/amanhecidas
quinta-feira, 10/9/2020

MIGALHAS nº 4.934

Informações jurídicas de quinta-feira, 10 de setembro de 2020.

...em 1965 pelo presidente Castelo Branco, chegou ao mesmo Tribunal de que participara seu pai, Otávio Kelly, tendo sido a primeira vez que isso ocorreu na história da Suprema Corte. Faleceu na cidade do Rio de Janeiro, no dia 11 de novembro de 1986....
MIGALHAS nº 4.934
/amanhecidas
quarta-feira, 1/7/2020

MIGALHAS nº 4.884

Informações jurídicas de quarta-feira, 01 de julho de 2020.

... um Apoiador: Maia & Castelo Branco Advogados (Clique aqui) "Deus concede o progresso a passos lentos, porque a luz repentina ofusca a vista." Araújo Porto Alegre Retorno dos Tribunais Judiciário do Rio de Janeiro, Maranhão e Pará...
MIGALHAS nº 4.884
/depeso
segunda-feira, 22/6/2020

1937 de novo?

O Governo Militar foi marcado pela interminável edição de atos institucionais, como se isso legitimasse sua atuação.

... Brasil e que o marechal Castelo Branco teria sido eleito pelo Congresso, com votos de Ulisses Guimarães e de Juscelino Kubitschek. Isso é uma meia verdade. Depois que houve o golpe militar em 31 de março de 1964, no dia 15 de abril Castelo Branco fez...
1937 de novo?
/depeso
terça-feira, 26/5/2020

Ministro Celso de Mello

“Qual a função do juiz? A maior, a mais elevada, a mais pura? Aplicar a constituição.” - Ministro Ribeiro da Costa.

...o governo do presidente Castelo Branco. Quem se interessar deve ler a síntese publicada pelo Dicionário Histórico-Biográfico Brasileiro [DHBB] (FGV-Cepedoc, 2ª edição, 2001, vol. II, págs. 1643/5). O ministro Álvaro Ribeiro da Costa teve a ousadia...
Ministro Celso de Mello
/pilulas
segunda-feira, 18/5/2020

Baú migalheiro

No dia 18 de maio de 1883, há 137 anos, nasceu, em Cuiabá, Eurico Gaspar Dutra, militar brasileiro e ex-presidente do Brasil. Em 1945, Dutra venceu a eleição presidencial, concorrendo pelo PSD e ficou no poder até 1951. Uma das suas medid...

... escolhido para o cargo foi Castelo Branco.
Baú migalheiro
/amanhecidas
segunda-feira, 18/5/2020

MIGALHAS nº 4.853

Informações jurídicas de segunda-feira, 18 de maio de 2020.

... escolhido para o cargo foi Castelo Branco. (Compartilhe) Sorteio De cunho prático e linguagem acessível, a obra "Curso Básico de Direito Arbitral – Teoria e Prática" (Juruá – 6ª edição – 275p.), de Joaquim de Paiva Muniz, do escritório Trench...
MIGALHAS nº 4.853
/depeso
segunda-feira, 11/5/2020

O capitão em seu labirinto

2020 é ano perdido. Ao presidente restar-lhe-ão 2021 e parte de 2022.

...o de 1964, o presidente Castelo Branco editou o Ato Institucional 2, implantou o regime autoritário e dissolveu os partidos. Para substituí-los inventou a Aliança Democrática Nacional (ARENA) e o Movimento Democrático Brasileiro (MDB). O primeiro...
O capitão em seu labirinto
Não há mais resultados para serem exibidos.