O que saiu em Migalhas sobre Codigo Brasileiro Da Aeronautica
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Codigo Brasileiro Da Aeronautica

/depeso
quinta-feira, 21/2/2019

Prescrição: termo inicial de contagem do prazo prescricional a partir do pagamento da indenização de seguro

Não obstante, é quase um bálsamo notar que no campo jurisprudencial brasileiro, visceralmente contaminado por visão equivocada do mercado segurador, alguma mudança em tal sentido se faz vislumbrar e ecos do melhor Direito e da Justiça são p...

... Consumidor - Aplicação do Código Brasileiro da Aeronáutica; Partes legítimas para integrarem os pólos, ativo e passivo, da ação; Prescrição - Bienal - Não ocorrência - Inteligência do artigo 317 do CBA e da exegese da súmula 151 do STF quanto ao início do prazo...
Prescrição: termo inicial de contagem do prazo prescricional a partir do pagamento da indenização de seguro
/quentes
sexta-feira, 20/4/2018

Indenização por extravio de carga em transporte aéreo internacional é disciplinada pela Convenção de Montreal

A 4ª turma do STJ afastou a aplicação do Código Civil em controvérsia envolvendo empresas.

...da República. Citando o Código Brasileiro da Aeronáutica, a Convenção de Montreal e a Constituição, também fez referência o relator à recente decisão em repercussão geral do STF (RE 636.331) - as normas das convenções...
Indenização por extravio de carga em transporte aéreo internacional é disciplinada pela Convenção de Montreal
/depeso
segunda-feira, 1/8/2016

O fim do abuso das companhias aéreas

CCJ do Senado aprova limite para multa no cancelamento de passagens aéreas.

...acrescentar uma regra no Código Brasileiro da Aeronáutica (lei 7.565/86), no intuito de fixar um teto de cobrança para as companhias aéreas no caso dos cancelamentos de voos solicitados por passageiros. Desta forma, a...
O fim do abuso das companhias aéreas
/quentes
terça-feira, 14/2/2012

Prazo de prescrição em caso de acidente aéreo é de cinco anos

Pela jurisprudência do STJ, no conflito entre o CC/16 e o CDC, prevalece a especialidade deste por ser mais bem ajustado à ordem constitucional.

...Afastam-se as normas especiais do Código Brasileiro da Aeronáutica e da Convenção de Varsóvia quando implicarem retrocesso social ou vilipêndio aos direitos assegurados pelo Código de Defesa do Consumidor. 3. Não cabe...
Prazo de prescrição em caso de acidente aéreo é de cinco anos
/quentes
sexta-feira, 22/7/2011

Justiça do RN indeniza família de passageiro de vôo da Air France

O juiz de Direito Manoel Padre Neto, da 4ª vara Cível de Mossoró/RN, concedeu uma indenização no valor de R$ 1.635.000,00, além de uma pensão no valor de R$ 4.098,13, para a viúva e duas filhas menores do geofísico Soluwellington Vieira de ...

...Passanger Liability), no Código Brasileiro da Aeronáutica, no Código de Defesa do Consumidor (arts. 12 a 14), bem como na Constituição Federal de 1988 (art. 21, inciso XII, alínea "c"). Pelo disposto no art. 21, inciso...
Justiça do RN indeniza família de passageiro de vôo da Air France
/depeso
segunda-feira, 9/11/2009

Diferença entre o dano moral e o mero aborrecimento na "Ditadura do Consumidor"

Fabrício Sicchierolli Posocco

Sem dúvida um dos grandes desafios do direito é estabelecer a distinção entre o dano moral e o mero aborrecimento. Uma descortesia com um cliente, um atraso aéreo, a existência de um cadastro indevido para aqueles que já possuem outras rest...

Sem dúvida um dos grandes desafios do direito é estabelecer a distinção entre o dano moral e o mero aborrecimento. Uma descortesia com um cliente, um atraso aéreo, a existência de um cadastro indevido para aqueles que já possuem outras rest...
Diferença entre o dano moral e o mero aborrecimento na "Ditadura do Consumidor"
/amanhecidas
quarta-feira, 2/4/2008

MIGALHAS nº 1.870

Quarta-feira, 2 de abril de 2008 - Migalhas nº 1.870 - Fechamento às 10h.   "Esgotados os recursos da lei, a injustiça passa em julgado, tanto como a justiça, entrando no domínio dos fatos consumados. E, se a lei não concedeu recurs...

MIGALHAS nº 1.870
MIGALHAS nº 1.870
/quentes
terça-feira, 24/7/2007

Parecer sobre as tarifas aeroportuárias elaborado por Hugo de Brito Machado e Hugo de Brito Machado Segundo

Parecer Os ilustres tributaristas Hugo de Brito Machado e Hugo de Brito Machado Segundo elaboraram em 2005 um importante parecer sobre as tarifas aeroportuárias, publicado na Revista Dialética de Direito T...

Parecer Os ilustres tributaristas Hugo de Brito Machado e Hugo de Brito Machado Segundo elaboraram em 2005 um importante parecer sobre as tarifas aeroportuárias, publicado na Revista Dialética de Direito T...
Parecer sobre as tarifas aeroportuárias elaborado por Hugo de Brito Machado e Hugo de Brito Machado Segundo
/depeso
quinta-feira, 14/12/2006

O CDC no turismo

O turismo no Brasil transforma-se em grande “indústria”, com expectativa de gerar, em 2007, mais de 1,2 milhão de empregos no país; neste sentido, o governo busca crescimento e traça metas, dentre as quais 9.000 milhões de turistas para o a...

O turismo no Brasil transforma-se em grande “indústria”, com expectativa de gerar, em 2007, mais de 1,2 milhão de empregos no país; neste sentido, o governo busca crescimento e traça metas, dentre as quais 9.000 milhões de turistas para o a...
O CDC no turismo
/depeso
terça-feira, 16/11/2004

Recuperação de empresas: voando pelo imaginário

Luiz Augusto de Souza Queiroz Ferraz e Manoel Justino Bezerra Filho

Dentre os temas atualmente em debate no Brasil, destaca-se a revogação da atual de Lei de Falências, em vias de substituição por outra que, de tão moderna, induzirá à redução do “spread bancário”, possibilitando a recuperação de empresas em...

Dentre os temas atualmente em debate no Brasil, destaca-se a revogação da atual de Lei de Falências, em vias de substituição por outra que, de tão moderna, induzirá à redução do “spread bancário”, possibilitando a recuperação de empresas em...
Recuperação de empresas: voando pelo imaginário
Não há mais resultados para serem exibidos.