O que saiu em Migalhas sobre Daniel Ziblatt
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Daniel Ziblatt

/depeso
quinta-feira, 26/11/2020

Em quem votar na eleição da Associação dos Advogados de SP

Diante da notícia da inscrição de três diferentes chapas, aproveitei o último fim de semana para refletir um pouco, num juízo estritamente íntimo, sobre em quem votar no escrutínio que se avizinha.

... propósito, Steven Levitsky e Daniel Ziblatt, logo na abertura do festejado livro Como as democracias morrem, que a pluralidade de interessados em cargos eletivos numa eleição, qualquer que seja ela, ao mesmo tempo em que evidencia a legitimidade...
Em quem votar na eleição da Associação dos Advogados de SP
/coluna/decifras
terça-feira, 26/5/2020

Democracia, sem vírus ou morte

Democracia, sem vírus ou morte.

...e Harvard Steven Levitsky e Daniel Ziblatt, no capítulo 3 "A grande abdicação republicana" encontramos uma construção sobre os quatro indicadores de comportamento autoritário. São eles, segundo esse estudo: (i) "rejeição das regras democráticas...
Democracia, sem vírus ou morte
/depeso
quarta-feira, 13/5/2020

Democracia: Dignidade da pessoa humana, direitos fundamentais e empatia em tempos de pandemia

A dignidade da pessoa humana e os direitos fundamentais precisam ser respeitados e protegidos, ainda mais em tempos difíceis como os vividos atualmente, e requer-se mais empatia por parte do governo e da sociedade em geral para superar mome...

... crise. Steven Levitsky e Daniel Ziblatt escreveram a obra “Como as democracias morrem” (2018), que retrata bem a preocupação com o momento atual pelo qual o mundo tem passado. Antigamente, víamos a morte da democracia através da força, de golpes,...
Democracia: Dignidade da pessoa humana, direitos fundamentais e empatia em tempos de pandemia
/quentes
quinta-feira, 23/5/2019

Quarta edição da revista do IADF é lançada em Brasília

Ocasião contou com o discurso do advogado Pedro Gordilho.

... demonstram Steven Levitsky & Daniel Ziblatt em sua obra seminal Como as democracias morrem: “O retrocesso democrático hoje começa nas urnas”. Estamos diante de um quadro profetizado, magistralmente, por Étienne de La Boétie, no século XVI, aos...
Quarta edição da revista do IADF é lançada em Brasília
/depeso
segunda-feira, 8/10/2018

Por quem os votos falam

Amarga será a constatação de que os candidatos podem escapar do controle dos pesos e contrapesos.

...morrem" de Steven Levitsky e Daniel Ziblatt). Exportando para as previsões econômicas e financeiras o que se verifica ao final do primeiro turno das eleições de 2018, creio que apenas é possível se concentrar no curto...
Por quem os votos falam
/depeso
quinta-feira, 4/10/2018

Entre avanços e ameaças à democracia brasileira: os 30 anos da Constituição do Brasil

A salvação da democracia está consciência política dos brasileiros, com a compreensão dos fatos, sem julgamentos parciais e unilaterais.

...fundamento da Lei da Ficha Limpa. 6 Ver: Levitsky, Steven e Daniel Ziblatt. Como as democracias morrem. Zahar, 2018, kindle. 7 Ver: Lafer, Celso. A reconstrução dos direitos humanos. Um diálogo com o pensamento de...
Entre avanços e ameaças à democracia brasileira:  os 30 anos da Constituição do Brasil
/depeso
quarta-feira, 3/10/2018

Trinta anos de crise

Quais as determinantes de tanta instabilidade? A pergunta deve ser respondida por cientistas políticos e historiadores. Não me furtarei, porém, ao trabalho de formular hipóteses, relendo o texto constitucional.

...morrem", de Steven Levitsky e Daniel Ziblatt (Ed. Zahar, 2018), onde se lê: "Desde o final da Guerra Fria a maior parte dos colapsos democráticos não foi causada por generais e soldados, mas pelos próprios governos...
Trinta anos de crise
Não há mais resultados para serem exibidos.