O que saiu em Migalhas sobre Jose Rogerio
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Jose Rogerio

/coluna/cpc-na-pratica
quinta-feira, 25/2/2021

"Plenário virtual" e sustentação oral no STF

"Plenário virtual" e sustentação oral no STF.

... Rogério Lauria Tucci e José Rogério Cruz e Tucci, "realmente, conferindo ao réu o privilégio de manifestar-se por derradeiro, sempre sucessivamente ao pronunciamento do autor, o contraditório somente se aperfeiçoará ante a cientificação do réu...
"Plenário virtual" e sustentação oral no STF
José Rogério Cruz e Tucci

José Rogério Cruz e Tucci

Migalheiro desde agosto/2017.

Advogado, professor titular sênior da faculdade de Direito da USP, membro da Academia Brasileira de Letras Jurídicas e ex-presidente da AASP.

/depeso
quarta-feira, 20/1/2021

Principais aspectos processuais fomentadores da solução do conflito e pacificação social

O processo é um método democrático, porém, a consensualidade tem de ser fomentada como cultura profissional, para que litigar seja só um, entre vários caminhos possíveis, para resolver o conflito.

... Saraiva, 2012. CRUZ E TUCCI, José Rogério. Precedente judicial como fonte do direito. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2004.
Principais aspectos processuais fomentadores da solução do conflito e pacificação social
A Cátedra de processo civil no Largo de São Francisco
TV Migalhas
terça-feira, 11/8/2020

A Cátedra de processo civil no Largo de São Francisco

Nesse webinar comemorativo ao dia do advogado, Migalhas tem a honra de lançar o livro "A cátedra de Processo Civil no Largo de São Francisco", de José Rogério Cruz e Tucci. Com a participação professores franciscanos José Roberto dos Santos Bedaque e Flávio Luiz Yarshell. ?? Conecte-se ao Migalhas! 

A Cátedra de processo civil no Largo de São Francisco
Webinar
terça-feira, 11/8/2020

A Cátedra de processo civil no Largo de São Francisco

Nesse webinar comemorativo ao dia do advogado, Migalhas tem a honra de lançar o livro "A Cátedra de processo civil no Largo de São Francisco", de José Rogério Cruz e Tucci. O evento terá a participação dos professores franciscanos José Roberto dos Santos Bedaque e Flávio Luiz Yarshell.

José Rogério Cruz e Tucci, Flávio Yarshell e José Roberto dos Santos Bedaque
/depeso
segunda-feira, 15/6/2020

Ampliação ex officio da causa de pedir em ações de nulidade de patentes: quebra da “impartialidade”

Não pode o Judiciário promover ex officio a mutação da causa de pedir em ações dessa natureza, devendo exercer o self-restraint, sob pena de criar insegurança jurídica e desnudar eventual parcialidade ideológica frente ao sistema de patente...

... 2018. 2 CRUZ E TUCCI, José Rogério. A causa petendi no processo civil. 2. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2001, p. 154. 3 DIDIER JR., Fredie. Curso de Direito Processual Civil. 18. ed. v. 1. Salvador: JusPodivm, 2016, p. 559. 4...
Ampliação ex officio da causa de pedir em ações de nulidade de patentes: quebra da “impartialidade”
/depeso
quarta-feira, 19/6/2019

Atos extraordinários de execução. Possibilidade de suspensão da CNH e passaporte do devedor

É necessário lembrar que os atos extraordinários de execução somente são admitidos após a realização de todos os atos convencionais, existido várias tentativas infrutíferas perpetradas pelo credor e quando há indícios de comportamento malic...

...s da seguinte forma por José Rogério Cruz e Tucci (CPC Anotado AASP-OAB/PR, 2017):   a) dever de prevenção: cabe ao juiz apontar as inconsistências das postulações das partes, para que possam ser aperfeiçoadas a tempo (v.g.: emenda da petição...
Atos extraordinários de execução. Possibilidade de suspensão da CNH e passaporte do devedor
/depeso
terça-feira, 7/5/2019

O STJ e o princípio da efetividade

Relevantes julgados sobre a garantia constitucional da duração razoável do processo.

...o jurídica adequada”.  José Rogério Cruz e Tucci sustenta que decorre do due process of law a garantia do processo sem a indevida morosidade.2 O princípio da eficiência apresenta estreita e íntima ligação com o princípio da efetividade processual. O...
O STJ e o princípio da efetividade
/depeso
sexta-feira, 30/11/2018

A LGPD e a prova técnica simplificada

Vê-se como inegável a necessidade e a importância de se analisar a nova Lei Geral de Proteção de Dados brasileira sob o espectro multidisciplinar do conhecimento, com o envolvimento não só de profissionais com conhecimento jurídico, à luz d...

...1176.   13 CRUZ E TUCCI, José Rogério. Código de Processo Civil anotado. 2. ed. Rio de Janeiro: Editora LMJ Mundo Jurídico, 2017, p. 653.   14 Lei federal 13.709/18 - Art. 5º, inciso VI, Controlador: pessoa natural ou...
A LGPD e a prova técnica simplificada
/coluna/cpc-na-pratica
quinta-feira, 1/11/2018

O recente posicionamento do Superior Tribunal de Justiça sobre a duração razoável do processo

O recente posicionamento do Superior Tribunal de Justiça sobre a duração razoável do processo.

...Professor Humberto Theodoro Júnior. Belo Horizonte: Del Rey, 2008. p. 446. 16 CRUZ e TUCCI, José Rogério. Duração razoável do processo. In: JAYME, Fernando Gonzaga; FARIA, Juliana Cordeiro de; LAVAR, Maira Terra....
O recente posicionamento do Superior Tribunal de Justiça sobre a duração razoável do processo
/depeso
segunda-feira, 26/3/2018

Julgamento antecipado parcial do mérito e a “preclusão-surpresa”

A recomendação – ao menos nesse momento de indefinição jurisprudencial – é que a parte recorra de tudo, isto é, de todas as interlocutórias anteriores à decisão parcial de mérito (art. 356), sejam prejudiciais lógicas ou não, minimizando-se...

...pelos votos já proferidos". (CRUZ E TUCCI, José Rogério. Limites da devolução da matéria objeto da divergência no julgamento estendido). Por sua vez, Leonardo Carneiro da Cunha aponta que os "novos julgadores, convocados...
Julgamento antecipado parcial do mérito e a “preclusão-surpresa”
/depeso
terça-feira, 5/9/2017

A jurisprudência defensiva ataca novamente¹

Em pleno século XXI, frente a um CPC moderno e preocupado com o exame do mérito, não há espaço para que a jurisprudência defensiva continue atormentando os jurisdicionados e a comunidade jurídica, esta que é, senão absoluta, majoritariament...

...exemplos: Cruz e Tucci, José Rogério. Um basta à perversidade da jurisprudência defensiva. Medina, José Miguel Garcia. Pelo fim da jurisprudência defensiva: uma utopia? Um dos autores deste escrito já teve a oportunidade...
A jurisprudência defensiva ataca novamente¹
Auditório Goffredo da Silva Telles Junior - Faculdade de Direito USP
TV Migalhas
terça-feira, 17/5/2016

Auditório Goffredo da Silva Telles Junior - Faculdade de Direito USP

No dia em que completaria 101 anos, o professor Goffredo da Silva Telles Jr., foi homenageado nas eternas Arcadas. O diretor da Faculdade, professor José Rogério Cruz e Tucci, escolheu essa memorável data para inaugurar a placa na porta do Auditório Goffredo da Silva Telles Junior, no Térreo da Faculdade de Direito, em solenidade íntima.

/coluna/entendendo-direito
sexta-feira, 8/4/2016

A exigência de fundamentação analítica: novidade?

Como será a interpretação dos comandos sobre a completude da fundamentação das decisões judiciais se levados em consideração os problemas de direito intertemporal?

...sentença, in: CRUZ E TUCCI, José Rogério e outros (coords.). Código de Processo Civil Anotado. São Paulo: AASP e OAB/PR, 2015, p. 788-789. 3 BARBOSA MOREIRA, José Carlos. A motivação das decisões judiciais como garantia...
A exigência de fundamentação analítica: novidade?
/quentes
terça-feira, 18/2/2014

José Rogério Cruz e Tucci vence eleição para diretor das Arcadas

Lista tríplice segue para manifestação do reitor da USP.

...do Largo de São Francisco", disse. José Rogério é mestre pela própria Faculdade do Largo São Francisco e doutor pela Università di Roma, turma de 1982. É membro também da banca Tucci Advogados Associados e do Instituto...
José Rogério Cruz e Tucci vence eleição para diretor das Arcadas
/quentes
quinta-feira, 28/11/2013

José Rogério Cruz e Tucci apresenta-se como candidato a diretor das Arcadas

Em comunicado, advogado afirma que o apoio de professores, funcionários, estudantes e antigos alunos o estimularam a aceitar este "autêntico desafio" e a assumir o compromisso de dedicar grande parte do seu tempo "em prol de uma sinergia de...

...Direito do Largo de São Francisco! ________Saudações Acadêmicas, José Rogério Cruz e Tucci
José Rogério Cruz e Tucci apresenta-se como candidato a diretor das Arcadas
/depeso
quarta-feira, 10/8/2011

O princípio do equilíbrio de armas no Processo Penal

Para o autor, devem valer os princípios que asseguram o equilíbrio entre os representantes das partes em litígio, inclusive no que concerne à sua acomodação nas salas de audiência.

...TUCCI, Rogério. CRUZ E TUCCI, José Rogério. Constituição de 1988 e porocesso: regramentos e garantias constitucionais do processo, São Paulo: Editora Saraiva, 1989, p. 37. (Os destaques em itálico são do...
O princípio do equilíbrio de armas no Processo Penal
/quentes
sexta-feira, 25/2/2011

Alunos da USP conhecem o Palácio da Justiça de São Paulo

Cerca de 120 alunos da Faculdade de Direito Largo de São Francisco visitaram ontem, 24, o prédio do Palácio da Justiça e conheceram um pouco da história e o funcionamento do Poder Judiciário paulista.

...Rogério Cruz e Tucci. "O professor José Rogério é um homem de grande sabedoria", ressaltou . Laercio Laurelli explicou como é a estrutura do Judiciário, a função dos desembargadores, como são divididas as câmaras...
Alunos da USP conhecem o Palácio da Justiça de São Paulo
Recepção aos Calouros 2008 - Cerimônia de Posse dos Professores Titulares
TV Migalhas
quinta-feira, 24/2/2011

Recepção aos Calouros 2008 - Cerimônia de Posse dos Professores Titulares

João Grandino Rodas abre a Cerimônia de Posse dos Professores Titulares de 2008: Antonio Scarance Fernandes, Ignácio Maria Poveda Velasco, José Roberto dos Santos Bedaque, José Rogério Cruz e Tuci e Paulo Casella.

/depeso
terça-feira, 4/3/2008

Decisão Jurídica e Monopólio do Estado

Regiane A. Angeluci

: O Estado é responsável pelo mau funcionamento de seus serviços públicos, ou mesmo pela falta desses serviços, e a prestação jurisdicional é um serviço público que está à disposição da sociedade de forma precária, ineficaz, incompleta, ...

: O Estado é responsável pelo mau funcionamento de seus serviços públicos, ou mesmo pela falta desses serviços, e a prestação jurisdicional é um serviço público que está à disposição da sociedade de forma precária, ineficaz, incompleta, ...
Decisão Jurídica e Monopólio do Estado
Não há mais resultados para serem exibidos.