O que saiu em Migalhas sobre Sebastião José de Carvalho e Melo
Migalhas

O que saiu em Migalhas sobre Sebastião José de Carvalho e Melo

Veja tudo o que saiu no Migalhas sobre Sebastião José de Carvalho e Melo
/pilulas
sexta-feira, 8/5/2020

Baú migalheiro

No dia 8 de maio de 1782, há 238 anos, faleceu Sebastião José de Carvalho e Melo, o Marquês de Pombal, político e diplomata português. Ingressou no curso de Direito na Universidade de Coimbra e dedicou-se depois ao estudo da história e po...

...é de Carvalho e Melo, o Marquês de Pombal, político e diplomata português. Ingressou no curso de Direito na Universidade de Coimbra e dedicou-se depois ao estudo da história e política. Foi embaixador nas cortes inglesa e austríaca, secretário de Estado...
Baú migalheiro
/amanhecidas
sexta-feira, 8/5/2020

MIGALHAS nº 4.847

Informações jurídicas de sexta-feira, 08 de maio de 2020.

... José de Carvalho e Melo, o Marquês de Pombal, político e diplomata português. Foi embaixador nas Cortes inglesa e austríaca, secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e ministro do Reino. Marquês de Pombal ingressou no curso de Direito na Universidade...
MIGALHAS nº 4.847
/amanhecidas
quinta-feira, 6/6/2019

MIGALHAS nº 4.618

Informações jurídicas de quinta-feira, 6 de junho de 2019.

... emitida pelo chefe do governo Marquês de Pombal, revalidando as leis anteriores, particularmente a de 1º de abril de 1680, em favor da liberdade dos índios. (Compartilhe) Apoiadores Clique aqui para conhecer todos os Apoiadores de Migalhas...
MIGALHAS nº 4.618
/pilulas
quarta-feira, 5/6/2019

Baú migalheiro

Há 264 anos, no dia 6 de junho de 1755, uma carta de lei do rei de Portugal, Dom José I, foi emitida pelo chefe do governo Marquês de Pombal, revalidando as leis anteriores, particularmente a de 1º de abril de 1680, em favor da li...

...a pelo chefe do governo Marquês de Pombal, revalidando as leis anteriores, particularmente a de 1º de abril de 1680, em favor da liberdade dos índios.
Baú migalheiro
/coluna/conversa-constitucional
terça-feira, 29/8/2017

Obstáculos constitucionais à militarização das escolas públicas

Obstáculos constitucionais à militarização das escolas públicas.

...português sob o mando do Marquês de Pombal, com suas Aulas Régias. Isso, quando o mundo já vivia as luzes. Não foi, de fato, o começo ideal. Então, passamos a contar com uma legião de escolas confessionais formando...
Obstáculos constitucionais à militarização das escolas públicas
/depeso
terça-feira, 6/9/2016

Enterrar os mortos

Cuidar dos vivos é não permitir que as nossas instituições democráticas sejam conspurcadas.

...conhecido ainda hoje na história como Marques de Pombal, não só impediu o êxodo ao garantir socorros aos feridos e alimentos aos famintos e tendas aos desabrigados, como também, ao mesmo tempo, valendo-se do seu enorme...
Enterrar os mortos
/depeso
quinta-feira, 3/9/2015

Legitimidade, como assim?

Não foi ela, a presidenta, quem lecionou que para ganhar eleição vale fazer até o diabo? Ora, fazer o diabo redunda no enorme estelionato que restou fortemente ferido o processo eleitoral do ano passado.

...o Governo do Maranhão, o Marquês de Pombal, sugeria: "Há um crime em direito que os jurisconsultos chamam de stellionatus, um crime de engano, derivando sua etimologia daquele animal stellião, que não mata com veneno, e...
Legitimidade, como assim?
/quentes
quarta-feira, 7/8/2013

Rui, Castro Alves e Nabuco viveram a realidade do Direito e da literatura

Rui Barbosa, Castro Alves e Joaquim Nabuco: filhos das Arcadas e da Faculdade do Recife.

...oração do centenário de O Marquês de Pombal, o ensaio Swift, a crítica do livro de Balfour, incluída nas "Cartas de Inglaterra", o discurso do Liceu de Artes e Ofícios sobre o desenho aplicado à arte industrial, o discurso...
Rui, Castro Alves e Nabuco viveram a realidade do Direito e da literatura
/amanhecidas
terça-feira, 8/5/2012

MIGALHAS nº 2.869

Terça-feira, 8 de maio de 2012 - Migalhas nº 2.869 - Fechamento às 11h13. "A primeira condição da Pátria é o pundonor dos defensores profissionais de sua honra." Rui Barbosa(Clique aqui) Escritórios estrangeiros O Conselho Federa...

...de D. José I (ministro o Marquês de Pombal) tornava extensiva a todo o Brasil as leis de 1755 acerca da liberdade dos índios, expedidos para o Estado do Maranhão. Sorteio A obra "A Ética como Fundamento dos Projetos...
MIGALHAS nº 2.869
/quentes
domingo, 21/3/2010

Ricardo Arnaldo Malheiros Fiuza profere interessante palestra em Belo Horizonte/MG sobre Direito Diamantino

Em palestra proferida no Rotary Club Belo Horizonte, em Minas Gerais, pelo prof. Ricardo Arnaldo Malheiros Fiuza, editor Adjunto da Editora Del Rey, o professor discursou sobre o "Direito Diamantino" que : "teve moeda própria, justiça (?) p...

Em palestra proferida no Rotary Club Belo Horizonte, em Minas Gerais, pelo prof. Ricardo Arnaldo Malheiros Fiuza, editor Adjunto da Editora Del Rey, o professor discursou sobre o "Direito Diamantino" que : "teve moeda própria, justiça (?) p...
Ricardo Arnaldo Malheiros Fiuza profere interessante palestra em Belo Horizonte/MG sobre Direito Diamantino
/quentes
quarta-feira, 17/6/2009

Série Mapa dos Tribunais apresenta o TJ/MA

TJ/MA Terceira mais antiga Corte brasileira, TJ/MA completa 196 anos em 2009 Histórico A história do TJ/MA reflete a própria evolução da Justiça ...

TJ/MA Terceira mais antiga Corte brasileira, TJ/MA completa 196 anos em 2009 Histórico A história do TJ/MA reflete a própria evolução da Justiça ...
Série Mapa dos Tribunais apresenta o TJ/MA
/depeso
segunda-feira, 10/3/2008

Desmatamento e Direito Ambiental

O Presidente Lula, no dia 30 de janeiro último, ao menosprezar o triste e grave problema do desmatamento no Brasil, disse, com seu peculiar estilo: “Às vezes, a gente tem uma coceira e já pensa que é doença” (!...)

Desmatamento e Direito Ambiental Ricardo Arnaldo Malheiros Fiuza* O Presidente Lula, no dia 30 de janeiro último, ao menosprezar o triste e grave problema do desmatamento no Brasil, disse, com seu peculiar estilo: "Às veze...
Desmatamento e Direito Ambiental
/amanhecidas
terça-feira, 3/1/2006

MIGALHAS nº 1.325

Terça-feira, 3 de janeiro de 2006 - Migalhas nº 1.325 - Fechamento às 12h. "Quae fuerunt vitia, mores sunt." (Os vícios de outrora são os costumes de hoje.) Sêneca (55 ? a.C. - 39 ? d.C.) Aurora Começando o ano com nobrez...

MIGALHAS nº 1.325
MIGALHAS nº 1.325
Não há mais resultados para serem exibidos.