O que saiu em Migalhas sobre Tadeu Puretz

O que saiu em Migalhas sobre Tadeu Puretz

Tadeu Puretz

Migalheiro desde outubro/2016.

Advogado.

/depeso
terça-feira, 27/6/2017

As recentes alterações na LC 116/03 e segurança jurídica do contribuinte

Ao contrário do que se espera, tais medidas acabam inviabilizando negócios e impactando no preço dos serviços consumidos pelo cidadão comum, gerando impactos econômicos consideráveis.

...18-11-2014 ____________ *Tadeu Puretz é advogado do escritório Salusse Marangoni Advogados.
/amanhecidas
terça-feira, 27/6/2017

MIGALHAS nº 4.140

Informações jurídicas de terça-feira, 27 de junho de 2017.

...(Clique aqui) ISS O advogado Tadeu Puretz, do escritório Salusse Marangoni Advogados, aborda as recentes alterações na LC 116/03, que ajustou a legislação do ISS à prática tributária e à jurisprudência dos tribunais, com...
/depeso
quarta-feira, 12/4/2017

IPI importação: novas perspectivas

Durante muitos anos, prevaleceu a tese no sentido de que a incidência do IPI na importação de bens para uso próprio violaria o princípio da não-cumulatividade, motivo pelo qual restaria afastada a tributação na modalidade.

...Pub.20.03.2017 ___________ *Tadeu Puretz é advogado do escritório Salusse Marangoni Advogados.
/amanhecidas
quarta-feira, 12/4/2017

MIGALHAS nº 4.091

Informações jurídicas de quarta-feira, 12 de abril de 2017.

MIGALHAS nº 4.091
/depeso
terça-feira, 4/10/2016

Precisamos repensar o alcance da imunidade religiosa no Brasil

As imunidades tributárias tem sido objeto de grande discussão doutrinária e jurisprudencial nos tempos atuais, principalmente pelas inúmeras facetas que permeiam o tema e influenciam diretamente a aplicação do direito.

...16.06.2016 _______________ *Tadeu Puretz é advogado no Salusse Marangoni Advogados, bacharel em direito pelo Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais - IBMEC, cursando o L.L.M Direito Tributário na mesma instituição....
/amanhecidas
terça-feira, 4/10/2016

MIGALHAS nº 3.961

Informações jurídicas de terça-feira, 4 de outubro de 2016.

...A opinião é do advogado Tadeu Puretz, de Salusse Marangoni Advogados, que analisa a extensão conferida à imunidade dos templos de qualquer culto, cotejando aspectos práticos com a atual jurisprudência do STF e trazendo...
Não há mais resultados para serem exibidos.