quinta-feira, 29 de outubro de 2020

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

STF : 1960/1970. Década de lutas

Roberto Ferreira Rosas

É importante a lembrança da história das instituições. Nestes cinquenta anos o Supremo Tribunal tem escrito páginas históricas. Posso testemunhar porque cheguei a Brasília em 1965 para ser assessor jurídico no STF, e assim nesses quarenta e quatro anos assisti a grandes atividades.

terça-feira, 20 de abril de 2010


STF : 1960/1970. Década de lutas

Roberto Ferreira Rosas*

É importante a lembrança da história das instituições. Nestes cinquenta anos o Supremo Tribunal tem escrito páginas históricas. Posso testemunhar porque cheguei a Brasília em 1965 para ser assessor jurídico no STF, e assim nesses quarenta e quatro anos assisti a grandes atividades.

O STF, em Brasília, portanto desde 21 de abril de 1960, participou ativamente da vida política e social deste país, a partir da sua inserção na mudança da capital. Logo, com a crise da renúncia de Jânio (1961), e março de 1964. Neste episódio, a corte mostrou-se com altivez, até desassombro, nem sempre aceita pelos chefes militares, e até com repúdio. Logo enfrentou habeas corpus concedidos a Miguel Arraes, Francisco Julião, e outros líderes políticos perseguidos pela revolução. Em 1965 foi editado o Ato Institucional nº 02, e no particular, aumentou o número de ministros do STF de 11 para 16. Acharam os chefes militares que a Corte estaria quebrada com os novos, mas não foi, e logo, destacam-se a atuação de Aliomar Baleeiro, e a concessão de habeas corpus a estudantes presos numa reunião da UNE, em Ibiúna, SP. Antes, o Ministro Gonçalves de Oliveira concedeu liminar ao Governador de Goiás, Mauro Borges, e a Corte, finalmente deferiu habeas corpus. Era muita coragem, em horas amargas e difíceis.

A perseguição ao STF culminou com o Ato Institucional nº 5, e em 1969 a aposentadoria imposta a três grandes Ministros - Hermes Lima, Victor Nunes e Evandro Lins.

Assim, devemos conjugar esses primórdios, entre 1960 e 1970. Foram dez anos dramáticos, e de coragem...

__________________




*Foi ministro do TSE, procurador do Tribunal de Contas do DF e secretário Jurídico do STF. Advogado do escritório Rosas Advogados

 

_____________________

Atualizado em: 19/4/2010 09:51

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

AUTORES MIGALHAS VIP

Sílvio de Salvo Venosa

Migalheiro desde 2019

Miguel Reale Júnior

Migalheiro desde 2003

Ricardo Penteado

Migalheiro desde 2008

Rogério Pires da Silva

Migalheiro desde 2005

Vantuil Abdala

Migalheiro desde 2008

Marília Lira de Farias

Migalheira desde 2020

Maria Berenice Dias

Migalheira desde 2002

Gustavo Binenbojm

Migalheiro desde 2005

Valmir Pontes Filho

Migalheiro desde 2004

Murillo de Aragão

Migalheiro desde 2018

Gilberto Bercovici

Migalheiro desde 2007

Publicidade