sexta-feira, 23 de outubro de 2020

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

A internet e o Direito

A internet teve início na vida jurídica a partir da década de 70, na lei 6.404 (conhecida como Lei das S.A), de 15/12/1976, em seu art. 2, onde prevê a possibilidade, nas companhias abertas, de substituir os tradicionais livros sociais por registros magnetizados ou eletrônicos.

quinta-feira, 13 de maio de 2010


A internet e o Direito

Eduardo Barbosa*

A internet teve início na vida jurídica a partir da década de 70, na lei 6.404 (conhecida como Lei das S.A - clique aqui), de 15/12/1976, em seu art. 2, onde prevê a possibilidade, nas companhias abertas, de substituir os tradicionais livros sociais por registros magnetizados ou eletrônicos.

A seguir, ocorreram outras manifestações direcionadas ao mundo virtual, mas somente nos anos 90 é que a legislação deu mostras mais efetivas de compreensão da importância do avanço tecnológico, inicialmente com as leis 8.934 (clique aqui) e 8.935 (de 18 de novembro de 1994 - clique aqui) que dispuseram, respectivamente, sobre o Registro Público de Empresas Mercantis e Atividades Afins e sobre os serviços notariais e de registro e, a seguir, com as leis números 9.099/95 (clique aqui) e 9.610/98 (clique aqui), que disciplinaram, respectivamente, os Juizados Especiais e Criminais e os direitos autorais no Brasil para ficar apenas em alguns exemplos.

Em termos acadêmicos, na Europa, destaca-se a disciplina chamada de Direito do Espaço Virtual, ministrado pelo Professor Pasquale Costanzo, na faculdade de Jurisprudência, da Universidade de Gênova na Itália. Nos Estados Unidos, a disciplina é conhecida tanto por Cyberlaw como Cyberspace Law, havendo a mesma nas Universidades mais importantes do País, tais como Chicago, NYU, Columbia e Harvard. No Brasil, destaca-se a Faculdade de Direito Milton Campos, no Estado de Minas Gerais, que possui a cadeira de Direito Virtual há um bom tempo.

No campo legislativo brasileiro, foi promulgada a lei 11.419/06 (clique aqui), considerada um marco no universo jurídico, pois introduziu o processo eletrônico no país, baseado no desenvolvimento da internet e nas regras do CPC (clique aqui).

Essa lei dispõe sobre a informatização do processo judicial, sobre a comunicação eletrônica dos atos processuais, sobre o processo eletrônico e, por fim, as disposições gerais e finais.

Com o advento dessa lei, o CPC sofrerá alterações nos artigos 38, 154, 169, 202, 221, 365, 399, 417, 457 e 556, visando disciplinar seus aspectos informáticos.

Ressalto a conceituação de Direito Eletrônico como sendo "o conjunto de normas e conceitos doutrinários, destinados ao estudo e à normatização de toda e qualquer relação onde a informática seja o fator primário, gerando direitos e deveres secundários. É, ainda, o estudo abrangente com o auxílio de todas as normas codificadas de direito, a regular as relações dos mais diversos meios de comunicação, dentre eles, os próprios da informática".

Para alguns doutrinadores, como José Carlos de Araújo Almeida Filho e Aldemazio Araujo de Castro, que entendem haver diferença entre Direito de Informática e Direito Eletrônico, este último é considerado o mais abrangente. E, nesse sentido, apontam ser o fax um meio eletrônico. Aliás, o Direito Eletrônico tergiversa mais para o setor de telecomunicações, transmissões de dados via satélite etc. Já o Direito de Informática teria sua essência na internet.

Concordo com este entendimento, embora sejam questões polêmicas e que albergam ambas as correntes.

De toda sorte, o processo eletrônico, inaugurado com a lei 11.419/06, vem sendo também chamado de e-process, pois, tanto quanto o correio eletrônico, que adquiriu fama com e-mail, também o processo eletrônico é conhecido como e-process.

___________________

*Diretor da Escola Superior de Advocacia, Conselheiro Estadual da OAB/RS



 

______________

Atualizado em: 12/5/2010 11:11

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

É Autor Migalhas? Faça seu login aqui

AUTORES MIGALHAS

Ronaldo Corrêa Martins

Migalheiro desde 2010

Júlio Cesar Sanchez

Migalheiro desde 2020

Sérgio Campinho

Migalheiro desde 2019

Lourival J. Santos

Migalheiro desde 2006

Thais Tozzini Ribeiro

Migalheira desde 2019

Thais Galo

Migalheira desde 2012

Luiz Dellore

Migalheiro desde 2013

Kamille Ziliotto

Migalheira desde 2018

Matheus Andrade Braga

Migalheiro desde 2018

Publicidade