quinta-feira, 26 de novembro de 2020

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

Crianças e Peixes

Wanderley Rebello Filho

Estamos chegando à Era de Aquário... Não sei nem por que comecei minha crônica assim! Quero mesmo é falar de crianças e peixes! No dia 7 de abril de 2011, vimos cenas de horror em Realengo. Na manhã de quinta-feira, um jovem psicopata de 24 anos entrou na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, Zona Oeste da cidade, dizendo ter sido convidado para dar uma palestra aos alunos.

terça-feira, 12 de abril de 2011

Crianças e Peixes

Wanderley Rebello Filho*

Estamos chegando à Era de Aquário... Não sei nem por que comecei minha crônica assim! Quero mesmo é falar de crianças e peixes! No dia 7 de abril de 2011, vimos cenas de horror em Realengo. Na manhã de quinta-feira, um jovem psicopata de 24 anos entrou na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, Zona Oeste da cidade, dizendo ter sido convidado para dar uma palestra aos alunos. Ele subiu três andares do prédio e entrou numa sala onde cerca de 40 alunos da nona série assistiam a uma aula de Português, e abriu fogo contra os estudantes com idades entre 12 e 14 anos.

Testemunhas relataram um verdadeiro massacre! Wellington Menezes de Oliveira teria mirado contra a cabeça dos estudantes com a clara intenção de matá-las. Mais de vinte alunos foram baleados e, até agora, sabe-se que doze morreram. Após o ataque, o assassino deixou uma carta de teor fundamentalista no local. O texto continha frases desconexas e incompreensíveis com menções ao Islamismo, e até mesmo a práticas terroristas. Em seguida, ele se matou dando um tiro na própria cabeça. Ufa! Já foi tarde!

Wellington era um jovem tímido e retraído, não tinha muitos amigos. Vivia navegando pela Internet, e aprendendo coisas banais como terrorismo, violência, covardia e... matar. É isto mesmo, estava se especializando em matar! Era tímido, retraído... e psicopata! E mau, muito mau! No mesmo dia em que ele praticou o seu ato digno de fazer inveja ao Inferno de Dante, eu assisti, à noite, o filme Zona Verde, sobre a invasão americana no Iraque em busca de armas de destruição em massa. É claro, as armas jamais foram encontradas, até porque as armas de destruição em massa estavam invadindo o próprio Iraque.

Não precisamos mais invejar os EUA! Já estamos fabricando as nossas próprias armas de destruição em massa, com o auxílio dos exemplos americano e talibã. As armas hoje são representadas por adolescentes e jovens psicopatas que infestam o nosso cotidiano e matam os nossos estudantes, covarde e friamente. Eles aprendem tudo pela Internet, e sabe-se lá mais onde! Columbine, e agora Realengo! Em Columbine, salvo engano, morreram doze e vinte e um ficaram feridos. Em Realengo morreram doze, e onze ficaram feridos! Wellington não teve tempo!

A Era de Aquário, iniciando-se por volta de século XXII e seguindo-se à presente Era de Peixes, é um período de tempo na astrologia. Prediz-se que a Era Aquariana será uma era de fraternidade universal, baseada na razão, quando será possível solucionar os problemas sociais de maneira igual para todos, e com grandiosas oportunidades para o desenvolvimento intelectual e espiritual. Duvido!

A Era de Aquário, para mim, é a que se iniciou agora. Crianças agora ficarão fechadas como peixes em seus "aquários" com cheiro de sangue, e lá de fora, a espreitá-las, estarão os psicopatas que estamos fabricando. E eles ficarão de lá a espiá-las e amá-las, para depois matá-las! Que não me venham agora com a história de passado triste e sofrido: o mau é mau e pronto! Nunca foi tão bem vinda a velha máxima para Wellington: "já foi tarde... demais".

________________

*Diretor da OAB/RJ e presidente da Sociedade Brasileira de Vitimologia



 

 

______________

Atualizado em: 11/4/2011 16:25

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

AUTORES MIGALHAS VIP

André Lucenti Estevam

Migalheiro desde 2020

Vantuil Abdala

Migalheiro desde 2008

Guershom David

Migalheiro desde 2020

Jocineia Zanardini

Migalheira desde 2020

Sérgio Roxo da Fonseca

Migalheiro desde 2004

Scilio Faver

Migalheiro desde 2020

Diego Mancini Aurani

Migalheiro desde 2020

Carla Louzada Marques

Migalheira desde 2020

Rogério Pires da Silva

Migalheiro desde 2005

Gilberto Giusti

Migalheiro desde 2003

Publicidade