quarta-feira, 28 de outubro de 2020

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

Nova declaração eSocial deve integrar setores das empresas

Cintia Ladoani Bertolo

Resta agora às empresas um curto prazo para adequação dos sistemas de informações internos para a entrega do eSocial.

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Com a obrigatoriedade de entrega a partir de 30/6/14, o novo sistema de informações fiscais/trabalhistas/previdenciárias denominado "eSocial" já provoca preocupação das empresas quanto à prestação de informações conciliadas.

Considerando que o eSocial abrange informações sobre folha de pagamento, obrigações trabalhistas, previdenciárias e fiscais, vários departamentos das empresas como RH, Contabilidade, Fiscal, etc, serão requisitados a produzir informações que, em muitos casos, não são conciliadas por falha de sistemas internos de apuração.

Uma das maiores preocupações das empresas diz respeito à apuração da CPRB - Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta. Há casos em que a empresa deve apurar a citada Contribuição de forma híbrida: com base na própria receita bruta, e também sobre a folha de pagamento. Nesses casos, para que o RH/Departamento Pessoal possa apurar a Contribuição corretamente, é necessário que outros departamentos da empresa prestem informações consistentes, a fim de se evitar questionamentos e até mesmo autuações por parte da Receita Federal do Brasil.

Vale ressaltar que, além de prestar informações à Receita Federal, o eSocial traz obrigações em relação ao MTE, INSS, CEF, Conselho Curador do FGTS e Justiça do Trabalho.

Resta agora às empresas um curto prazo para adequação dos sistemas de informações internos para a entrega do eSocial.

_________

* Cintia Ladoani Bertolo é advogada do escritório Bergamini Collucci Advogados.

Atualizado em: 13/2/2014 13:32

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

AUTORES MIGALHAS VIP

Valmir Pontes Filho

Migalheiro desde 2004

Murillo de Aragão

Migalheiro desde 2018

Rogério Pires da Silva

Migalheiro desde 2005

Roberto Rosas

Migalheiro desde 2015

Sérgio Roxo da Fonseca

Migalheiro desde 2004

Gilberto Giusti

Migalheiro desde 2003

Miguel Reale Júnior

Migalheiro desde 2003

Marco Aurélio Mello

Migalheiro desde 2014

Gustavo Binenbojm

Migalheiro desde 2005

Maria Berenice Dias

Migalheira desde 2002

Publicidade