terça-feira, 24 de novembro de 2020

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

O que vale e o que não vale automatizar no seu escritório

A tecnologia concede espaço para que profissionais possam se preocupar menos com a monotonia.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Você pode não ter percebido, mas a automação tomou conta do mercado em absoluto - e não apenas da produção industrial, em esteiras de montagem e em grandes montadoras automobilísticas, por exemplo. Ela está no dia a dia, reduzindo riscos e otimizando o modo de trabalhar dos mais diferentes tipos de profissionais. E isto vale para advogados também, que buscam na automação uma forma de economizar tempo e utilizar sua disposição em tarefas que demandam mais intelecto e estudo.

No entanto, há uma parcela significativa da classe jurídica que, receosa com todas as mudanças que a tecnologia traz, ainda se vê distante de um cenário empreendedor dinâmico e competitivo. Mesmo para os mais ousados, a modernidade amedronta. Por este motivo, resolvemos criar uma espécie de manual que oferece no mínimo um norte a respeito de automação do escritório. Afinal, por mais evoluída que a tecnologia seja, ela jamais substituirá completamente as habilidades humanas. Muito pelo contrário, ela concede espaço para que profissionais possam se preocupar menos com a monotonia.

Então vamos lá: o que deve e o que não deve ser automatizado?

Automatize

Tempo

  • Qualquer tarefa repetitiva que gaste muito tempo e que, às vezes, demande um profissional exclusivo - como coletar os recortes dos tribunais ou os andamentos processuais;
  • Emissão de relatórios de honorários, custas e de produtividade da equipe.

Espaço

  • Arquive as pastas de seus processos em um ambiente virtual;
  • Além disso, deixe todas essas informações únicas e exclusivamente na nuvem, o que dispensa a aquisição de qualquer tipo de infraestrutura, além de não demandar um profissional exclusivo;
  • Adquira um ambiente que, além de permitir que você tenha acesso às suas informações, seja amigável a dispositivos móveis - assim você pode acessá-lo em qualquer lugar e hora.

Segurança

  • Hospede as informações dos seus processos e clientes em um ambiente seguro e que faça backup dos dados recorrentemente.

Comunicação

  • Conceda a todos os colaboradores o acesso à agenda;
  • Crie documentos padrões e os hospede na biblioteca do seu software para, além de organizar e ganhar tempo, criar um padrão comunicativo do seu escritório.

Não automatize

Relacionamento

  • Procure sempre conversar com os outros colaboradores do escritório, estimulando a empatia entre a equipe. A mesma coisa vale para os clientes. Gastos como uma ligação, um café para ver como as coisas estão são muito valorizados e diferenciais de um profissional;
  • Faça a mesma coisa com os clientes;
  • Crie datas especiais no escritório onde todos possam compartilhar os seus aprendizados.

Dedicação

  • As legislações (federal, estadual e municipal) são dinâmicas e vivem sofrendo alterações. Para acompanhá-las é necessário que o advogado se atualize rotineiramente - e nenhuma máquina pode fazer isto por você!

Planejamento

  • Mesmo que as ferramentas de automação ofereçam números importantes, quem precisa fazer previsões, estabelecer indicadores de desempenho, metas financeiras e estratégias de marketing jurídico é você e os colaboradores;
  • Os números podem indicar sucesso nas causas de uma outra natureza do direito (trabalhista, criminal), mas é preciso inteligência emocional e visão de mercado para entender se isto pode virar estratégia de atuação ou não.

Feedback

  • Evite documentos padrões de feedback aos colaboradores, procure conversar com cada um, explicitando suas especificidades, qualidades e características com oportunidade de melhoria;
  • O cliente contratou o seu escritório porque ele tem certeza que você dará atenção ao caso dele, procurará entendê-lo e se envolverá o necessário para conseguir defendê-lo. Não tem problema dar retornos curtos e objetivos, mas procure não tratá-lo como um número.

Sabemos que cada escritório possui seu método e dinâmica organizacional particular. Mas de todo modo esperamos que as dicas possam ser úteis e aplicadas da forma que combinarem melhor com seu negócio.

_____________

*Tiago Fachini é gerente de marketing do ProJuris - Software Jurídico.

DUO SERVICOS EM INFORMATICA LTDA

Atualizado em: 14/12/2016 09:19

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

AUTORES MIGALHAS VIP

Miguel Reale Júnior

Migalheiro desde 2003

Gustavo Santiago Martins

Migalheiro desde 2019

Gustavo Abdalla

Migalheiro desde 2019

Lenio Luiz Streck

Migalheiro desde 2005

Letícia Baddauy

Migalheira desde 2020

Flávia Pereira Ribeiro

Migalheira desde 2019

Jeniffer Gomes da Silva

Migalheira desde 2020

André Lucenti Estevam

Migalheiro desde 2020

René Ariel Dotti

Migalheiro desde 2006

Teresa Arruda Alvim

Migalheira desde 2006

Rogério Pires da Silva

Migalheiro desde 2005

Paulo Henrique Cremoneze

Migalheiro desde 2019

Ricardo Alves de Lima

Migalheiro desde 2020

Ronaldo de Jesus

Migalheiro desde 2019

Publicidade