domingo, 25 de outubro de 2020

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

Comece agora o planejamento financeiro de 2019

A organização financeira do escritório de advocacia não é fácil. Aprenda aqui sobre distribuição dos lucros, indicadores financeiros e entre outros.

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

O advogado é formado para lidar com leis, questões jurídicas, formatações processuais e outras atividades do mundo jurídico. Tratar dos assuntos administrativos e financeiros por vezes pode complicar a rotina do advogado. Por isso é bom saber não só como ganhar dinheiro na advocacia, mas saber cuidar bem das finanças.

Não se ocupar com a gestão e organização financeira do seu escritório pode prejudicar os negócios. Por isso, advogados também precisam dedicar tempo para organizar o seu sistema de gestão, desenvolver mecanismos de controle financeiro e, consequentemente, ganhar dinheiro na advocacia.

Preparamos algumas dicas para que você organize e melhore a saúde financeira do seu escritório:

Você no controle

Quem busca estabelecer uma forma eficiente de controle financeiro no seu escritório deve se manter ciente sobre os custos e despesas.

É fundamental saber ganhar dinheiro na advocacia, mas também é preciso saber quais valores estão entrando e o quanto de dinheiro está saindo. Só assim será possível saber se ao final do mês você ficará no vermelho ou não.

Ter de maneira clara essas informações é de suma importância para determinar onde pode haver corte de gastos, quais áreas precisam de novos investimentos e se há caixa suficiente para isso.

Ter esse controle também permite ao advogado saber se existe necessidade de melhorar a captação de novos clientes e ter sempre em mãos as informações primordiais para o planejamento estratégico do escritório.

Fundo de reserva

Tenha em mente a necessidade de um fundo de caixa reserva. Essa é a melhor alternativa para lidar com situações emergenciais que demandem recursos financeiros.

É aquela famosa reserva que todos precisam contar, mesmo na gestão financeira pessoal.

Esse é um dinheiro que não pode ficar guardado na gaveta do escritório. O valor que os sócios decidirem dispor para esse fundo deve ser aplicado em um investimento seguro, contando que seja de alta liquidez. Dessa forma haverá também rendimentos.

A dica é que para bancar a receita desse fundo seja reservado um percentual dos honorários e receitas recebidos pelo escritório.

Tudo isso deve ser planejado e enquadrado na gestão administrativa/financeira do escritório.

Distribuição dos lucros do escritório

Esse é um ponto delicado porque depende de muitos fatores. Então se atente: Não basta ganhar dinheiro na advocacia, é preciso ter controle da distribuição dos lucros.

Nessa etapa leve em conta o faturamento do escritório, calculando os descontos dos gastos e custos no período analisado.

Essa forma de gerir a distribuição exige que o advogado esteja no controle das receitas e gastos. Se tudo não for feito de maneira organizada, a distribuição será injusta.

A dica é fazer a distribuição no período semestral ou anual, já que fazer retiradas frequentes descapitalizam o negócio e tendem a comprometer atividades regulares.

Indicadores financeiros mais apropriados são:

- Lucratividade sobre os novos contratos de honorários

- Rentabilidade por advogado

- Nível de endividamento do escritório

- Nível de inadimplência de clientes

Foque no planejamento

O modelo de administração financeira precisa corresponder também as normas e políticas do escritório.

Veja os exemplos: qual o valor deve ser mantido no Fundo de Reserva. Datas para pagamentos de fornecedores. Os limites de gastos variáveis mensais. Data para repasse de valores aos sócios. Normas para adiantamento de valores para despesas processuais. Elaboração do orçamento.

Gostou? Deseja ter acesso conteúdos sobre tecnologia e a transformação digital na advocacia? Cadastre-se: blog.datalawyer.com.br

__________

*Marcos Aurélio Silva é analista de produção de conteúdo da Aviso Urgente e do blog.datalawyer.com.br.

Aviso Urgente Clipping e Softwares Ltda

Atualizado em: 7/1/2019 14:06

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

AUTORES MIGALHAS

Aldo Aranha de Castro

Migalheiro desde 2019

Rosely de J. Lemos

Migalheira desde 2008

Getúlio Costa Melo

Migalheiro desde 2020

Sílvia Fráguas

Migalheira desde 2005

Daniel Moreti

Migalheiro desde 2018

Frederico Meinberg Ceroy

Migalheiro desde 2014

Bruno Matos Ventura

Migalheiro desde 2011

Diogo Malan

Migalheiro desde 2008

Dalmar Pimenta

Migalheira desde 2009

Publicidade