quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

A importância da utilização de um software jurídico por escritórios de advocacia

Com a utilização de um software jurídico e suas ferramentas gerenciais, é possível delegar tarefas com base em dados concretos.

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Neste artigo, iremos abordar a importância da utilização de um software jurídico por escritórios de advocacia ou advogados autônomos.

A área jurídica é uma das mais conservadoras que existem no mercado, muitos advogados relutam em utilizar da tecnologia, mas hoje existem vários softwares jurídico como o AJUS, que vão auxiliá-lo no planejamento diário.

Alguns controles ou a maioria deles ainda são feitos manualmente, mas não é seguro e confiável como um sistema.

Nos dias atuais utilizar um software jurídico, tornou-se obrigatório para aqueles advogados que prezam pela otimização do tempo e pelo controle total das atividades do escritório.

Abaixo, vamos descrever alguns motivos que o levarão a pensar sobre a implantação de um software em seu escritório.

Organização

Tudo gira em torno da organização, uma área mal organizada gera prejuízo para todos os envolvidos.

Se você não possui em software jurídico tudo o que envolve o seu escritório está à mercê de falhas humanas.

Financeiro, audiências, prazos, tudo depende exclusivamente das pessoas não esquecerem de nada.

Além disso, todas as métricas e ações serão dependentes dos seus funcionários.

O software jurídico é capaz de organizar e prevenir essas falhas e dependências, avisando sobre coisas como:

  • Quando haverá uma audiência;
  • Quanto de honorários seu escritório tem a receber;
  • Quanto de custas jurídicas há para reembolsar;
  • Sem contar que todos os documentos podem ser digitalizados e armazenados para utilização posterior, o que economiza tempo em busca de pastas e dinheiro gasto com espaço físico.

Antecipação

Quando um advogado perde o prazo de uma audiência isso gera vários prejuízos, e se você não sabe o quanto tem a receber ou a pagar como vai se planejar?

Com a utilização de um software jurídico, essas rotinas podem ser facilmente automatizadas e antecipadas.

Você pode configurar o sistema para receber alertas de prazos que estão vencendo.

Ou comunicar a um outro setor o que deve ser feito antecipadamente, eliminando possíveis falhas.

Se você consegue se antecipar aos problemas, você terá um tempo maior para solucioná-los.

Gerenciamento com software jurídico

Se o seu escritório está organizado e você é capaz de se antecipar aos problemas, sobra tempo para dedicação ao gerenciamento das pessoas.

Com a utilização de um software jurídico e suas ferramentas gerenciais, é possível delegar tarefas com base em dados concretos.

Isso facilitará na tomada de decisão dos gestores.

Será possível saber onde a sua equipe deve intensificar seus esforços em prol da empresa e não deixar que elas percam tempo com coisas desnecessárias.

Se seu escritório ainda não possui uma ferramenta capaz de lhe ajudar a gerenciá-lo completamente, nós do AJUS teremos prazer em ajudá-lo.

Conheça mais sobre nosso software jurídico, acessando a página sobre o AJUS ou características do software.

__________

*Wagner Fabiano é empresário e analista de sistema na AJUS. Formado em Análise e Desenvolvimento de sistema pela UNA do Estado de Minas Gerais, tem mais de 10 anos de experiência no desenvolvimento de softwares para o setor jurídico.

ATTIS PROCESSAMENTO DE DADOS LTDA

Atualizado em: 7/1/2019 14:43

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

AUTORES MIGALHAS VIP

Edvaldo Barreto Jr.

Edvaldo Barreto Jr.

Informativo Migalheiro desde 2020
Carlos Barbosa

Carlos Barbosa

Informativo Migalheiro desde 2019
Letícia Baddauy

Letícia Baddauy

Informativo Migalheira desde 2020
Guilherme Alberge Reis

Guilherme Alberge Reis

Informativo Migalheiro desde 2020
Rogério Pires da Silva

Rogério Pires da Silva

Informativo Migalheiro desde 2005
Renato da Fonseca Janon

Renato da Fonseca Janon

Informativo Migalheiro desde 2017
Márcio Aguiar

Márcio Aguiar

Informativo Migalheiro desde 2020
Quésia Falcão de Dutra

Quésia Falcão de Dutra

Informativo Migalheira desde 2019
Júlio César Bueno

Júlio César Bueno

Informativo Migalheiro desde 2004
Miguel Reale Júnior

Miguel Reale Júnior

Informativo Migalheiro desde 2003

Publicidade