terça-feira, 24 de novembro de 2020

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

O que são marcas e quais as vantagens de registrá-las?

Gabriela Tenorio Padilha

Devido a complexidade desse registro, sugere-se que se busque ajuda profissional qualificada para não incorrer em erros irreversíveis.

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

De forma simplificada, a marca é um sinal distintivo utilizado para identificar produtos e serviços ofertados por diferentes empresas ou pessoas. A marca evidencia os negócios daquele que é seu detentor, sendo ela o seu símbolo de identidade e é através dela que o seu proprietário será lembrado, simplificando-se a identificação dos produtos e serviços pelos consumidores, assim como facilitando-se a percepção de suas qualidades e valores.

 

tNo presente artigo, a título de simplificação, citaremos principalmente sobre o registro de marcas feito por empresas, entretanto é importante destacar que pessoas físicas podem requerer o registro de marca, basta apenas que comprovem a atividade exercida.

 

A marca está entre os mais importantes patrimônios de uma empresa. É por meio dela que há o primeiro contato entre o cliente e o negócio, sendo capaz de gerar lucros constantes por sua exploração direta ou indireta.

 

Registrar uma marca é a única forma de protegê-la daqueles que pretendem copiá-la ou concorrer de forma desleal. O registro da marca garante ao seu possuidor a exclusividade sobre o seu uso em todo território nacional. Vale destacar que o Brasil aderiu, em julho de 2019, ao protocolo de Madri, possibilitando, a partir de outubro deste mesmo ano, que as empresas brasileiras possam registrar suas marcas em mais de 100 países signatários do acordo, apresentando documentação unicamente no Brasil, junto ao INP.

 

É importante observar que o registro de marca protege um dos bens mais preciosos de uma empresa, a sua identidade perante o mercado e traz mais segurança para o negócio. É através dele que se poderá:

 

 Buscar a indenização pelo uso indevido da marca por terceiros, podendo inclusive interromper seu uso;

 Ter a possibilidade de venda, licenciamento e franquias, gerando assim novas receitas. O uso da marca nesses casos só pode ser feito se a mesma estiver registrada.

 Ser avaliada, contabilizada e utilizada como garantia em operações financeiras;

 Agregar valor econômico ao produto ou ao serviço prestado.

 Proteger os investimentos de marketing realizados pela empresa;

 Fidelizar consumidores.

 Evitar concorrência desleal.

 

Como se pode ver, o registro da marca é crucial para quem vislumbra segurança em seus negócios. A solicitação para tal é feita junto ao INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial), que é uma autarquia federal responsável pelo registro de marcas, desenhos industriais, indicações geográficas, programas de computador e topografias de circuitos integrados, entre outros.

 

Devido a complexidade desse registro, sugere-se que se busque ajuda profissional qualificada para não incorrer em erros irreversíveis.

__________

*Gabriela Tenorio Padilha é colaboradora do escritório Ribeiro da Luz Advogados. 

 

 

 

Atualizado em: 12/9/2019 11:17

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

AUTORES MIGALHAS VIP

André Lucenti Estevam

Migalheiro desde 2020

Gisele Nascimento

Migalheira desde 2017

Teresa Arruda Alvim

Migalheira desde 2006

Letícia Baddauy

Migalheira desde 2020

Paulo Henrique Cremoneze

Migalheiro desde 2019

Selma Ferreira Lemes

Migalheira desde 2005

Quésia Falcão de Dutra

Migalheira desde 2019

Vantuil Abdala

Migalheiro desde 2008

Sérgio Roxo da Fonseca

Migalheiro desde 2004

Giselle Farinhas

Migalheira desde 2017

Ricardo Alves de Lima

Migalheiro desde 2020

Murillo de Aragão

Migalheiro desde 2018

Publicidade