sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

Avanço das normas decorrentes da reforma trabalhista

As empresas devem avaliar todas as regras jurídicas definidas para cada natureza de trabalho - temporário, intermitente ou terceirizado, para não caracterizar nenhum desvio de finalidade na contratação de trabalhadores, ajustando-os às necessidades dos seus negócios.

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

O Governo Federal, dando sequência nas regulamentações decorrentes da reforma trabalhista, publicou o decreto 10.060, de 14 de outubro de 2019, dispondo sobre a regulamentação da contratação de serviços temporários.t

Segundo referido decreto, considera-se trabalho temporário aquele prestado por pessoa física contratada por uma empresa de trabalho temporário que a coloca à disposição de uma empresa tomadora de serviços ou cliente, para atender à necessidade de substituição transitória de pessoal permanente ou à demanda complementar de serviços.

O trabalho temporário não se confunde com o trabalho intermitente, regulado pelo artigo 443, da CLT (lei 13.467/17), e nem para os trabalhos terceirados, regulados pelo art. 4º. da lei 6019/74.

Considera-se trabalhos terceirizados aqueles decorrentes da prestação de serviços a terceiros pela transferência feita pela contratante da execução de quaisquer de suas atividades, inclusive sua atividade principal, à pessoa jurídica de direito privado prestadora de serviços que possua capacidade econômica compatível com a sua execução.

Portanto, as empresas devem avaliar todas as regras jurídicas definidas para cada natureza de trabalho - temporário, intermitente ou terceirizado, para não caracterizar nenhum desvio de finalidade na contratação de trabalhadores, ajustando-os às necessidades dos seus negócios. 

_________

t*Eduardo Tomitão é advogado sócio da área trabalhista do Ronaldo Martins & Advogados.

Atualizado em: 8/11/2019 11:31

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

AUTORES MIGALHAS VIP

Celso Cintra Mori

Migalheiro desde 2005

Gilberto Bercovici

Migalheiro desde 2007

Italo Bondezan Bordoni

Migalheiro desde 2019

Luis Felipe Salomão

Migalheiro desde 2014

Abel Simão Amaro

Migalheiro desde 2004

Vanessa Mollo

Migalheira desde 2019

Giselle Farinhas

Migalheira desde 2017

Valmir Pontes Filho

Migalheiro desde 2004

Maria Berenice Dias

Migalheira desde 2002

Stanley Martins Frasão

Migalheiro desde 2002

Publicidade