quinta-feira, 26 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Resultado do sorteio da obra "Auditoria Jurídica em Migalhas III"

Veja quem foram os dois ganhadores da obra "Auditoria Jurídica em Migalhas III" (Scortecci - 219p.), de Jayme Vita Roso.

terça-feira, 23 de março de 2010


Sorteio de obra

O ilustre advogado Jayme Vita Roso acaba de lançar o livro "Auditoria Jurídica em Migalhas III" (Scortecci - 219p.). A obra, uma coletânea que contou com a colaboração de Jonathan Barros Vita, Luiz Fernando do Vale de Almeida Guilherme, João Armando Moretto Amarante e Andréia Botti Azevedo, aborda a institucionalização da auditoria jurídica. Dois exemplares foram carinhosamente doados pelo nobre autor.

"Após o notável livro Direito em Migalhas - Pistas para o novo Mundo Jurídico, o advogado e jurista prof. Jayme Vita Roso prosseguiu na sua semeadura de penetrantes reflexões sobre instigantes temas, que se abrem no largo horizonte de sabedoria e originalidade. As ideias multifacetadas se intercalam e são projetadas em várias direções. A invocação dos grandes gênios da história faz com que nos sintamos circundados por eles, como a ouvir seus ensinamentos.

O autor cativa porque expõe as ideias em linguagem translúcida e eloquente. Está voltado para a justa apologia do instituto da auditoria jurídica, como instrumento eficaz e tecnicamente necessário. Jayme vem de longa data propugnando, por numerosos estudos publicados e com convincente certeza, que a moderna advocacia exige elevado grau de organização e disciplina profissional.

O autor é dotado de uma visão aguda e universal das questões jurídicas, sociais e filosóficas. Ele torna as suas obras um manancial de cultura humanística. Em cada capítulo surpreende todos pela diversidade e coerência da sua desenvoltura intelectual.

Profundo conhecedor da ciência da auditoria jurídica, defende suas convicções sobre a relevância do instituto, com sedutora perfuração. A linguagem escorreita e vivaz tem o prestimoso poder de concitar o leitor, mormente os advogados, a se envolverem na discussão.

Esta virtude converte os escritos do prof. Jayme Vita Roso em autênticas pregações, como se cumprisse um predestinado sacerdócio profissional. O autor capitalizou a sua privilegiada cultura em longa convivência com autores e entidades internacionais. Este ensejo lhe permitiu apurar a sensibilidade para análises comparativas, neutras e seguras da realidade social e jurídica universal, O presente conjunto de nove capítulos está voltado para a propugnação e estímulo da auditoria jurídica nos seus múltiplos aspectos, com quatro estudos de jovens e promissores advogados, fiéis à ideia de que a auditoria jurídica dará novos tons ao moderno exercício da advocacia. Este promissor Instituto passa a ser recomendável, também, pelos seus prismas práticos e éticos, para todos os operadores do direito, advogados ou não." Elias Farah, advogado e escritor

Sobre o autor :

Jayme Vita Roso, formado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, tendo cursado especialização em História do Direito e mestrado, na mesma Faculdade, na área de Direito Econômico. Ainda especializou-se em Direito Público na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Cursou Mercado de Capitais, na Fundação Getúlio Vargas.

É membro da OAB/SP - Ordem dos Advogados do Brasil, Seção São Paulo e da AASP - Associação dos Advogados de São Paulo, da Federação Interamericana de Advogados, Washington, D.C., EUA, da Illinois State Bar Association, Springfield, Illinois, EUA, da American Bar Association, nas Secções de Banking, Securities, International Law e Antitrust, e na Secção de Franchising da American Society of International Law, onde faz parte da Human Rights Connections.

É colaborador permanente da International Bar Association, Seção de Direito Comercial, no Comitê Antitrust and Trade Law. Diretor e conselheiro vitalício da Associação dos Dirigentes de Vendas do Brasil (ADVB), do Departamento Seminários Internacionais e da Fundação Brasileira de Marketing, prestou colaboração no setor de Banco e Instituições Financeiras, como assessor. Convidado a ministrar cursos, nessas entidades. É sócio-remido do IDORT- Instituto de Organização Racional do Trabalho. Sócio e membro do Conselho do IASP - Instituto dos Advogados de São Paulo, proferiu palestras, organizou cursos e participou de comissões sobre problemas nacionais e reformas legislativas.

Nos assuntos profissionais, utiliza-se das línguas portuguesa, inglesa, espanhola, francesa e italiana, tendo ainda, sólidos conhecimentos de latim.

Estagiou em Genebra, Suíça, durante o mês de abril de 1965, visando aprender a sistemática para empréstimos internacionais; em Milão, Itália, no mês de setembro de 1968, para conhecer a organização jurídica da maior Bolsa de Valores daquele país; em Padova, Itália, em escritório de advocacia sobre consultoria administrativa e financeira. Participou de diversas negociações internacionais. Tem prática de arbitragem na Inglaterra, na London Corn Trade Association. Praticou como advogado representante na Itália, Suíça, França, Estados Unidos, Bolívia, Argentina, Congo, Japão, Uruguai, dentre outros países.

De 1972 a 1977, prestou serviços a empresas brasileiras e francesas para construções no Gabão, Zaire, Congo, Mauritânia, Costa do Marfim, Angola e Moçambique. Estudou e tem conhecimentos do Direito daqueles países e profunda prática em negociação. Tem biblioteca especializada sobre países africanos.
Participou do curso Competition Law and Trade Policy: an International Symposium, organizado por International Bar Association, em Bruxelas, Bélgica. Em 1999, participou do 47th Annual Antitrust Spring Meeting, organizado pela American Bar Association, e do curso Project Finance, organizado por International Bar Association, ambos realizados em abril, em Washington e da XXXV Conferência da Federação Interamericana de Advogados, com destaque nas seções de Direito Administrativo, Direito Comercial e Direito Processual das Américas, bem como no Seminário sobre Corrupção Internacional, realizados na cidade do México. No Seminário, recebeu o prêmio de segundo lugar de melhor livro jurídico publicado, título Novos Apontamentos à Lei Antitruste Brasileira, em contribuição ao Direitos Jurídicos das Américas.

É titular da sociedade civil de advogados Jayme Vita Roso Advogados e Consultores Jurídicos, formada em 1988, com uma equipe de seis profissionais que tratam das áreas cível, comercial, administrativa, tributária e trabalhista, para uma clientela predominantemente empresarial, representada por Bancos e empresas multinacionais.

É proprietário de um sítio, situado em Parelheiros/SP, com área de 800.000 m2, onde plantou cerca de trezentas mil árvores de cinqüenta espécies diferentes, algumas em extinção, recebendo do IBAMA, em 1995, o título de RPPN (Reserva Particular do Patrimônio Natural) a primeira e única em capitais brasileiras, fundou, no ano seguinte, a organização não-governamental Curucutu Parques Ambientais, que tem por objetivo a defesa do meio ambiente. Em 1996, recebeu da ADVB o Prêmio Top Ecologia 1996 na categoria Hors Concours e, em 1997, o Prêmio Revista Natureza de Ecologia. Trabalha com os Bancos Bradesco, Francês e Brasileiro, Mercantil Finasa de São Paulo, Real, Indusval, Itaú, Fibra, BankBoston, Citibank e Nossa Caixa Nosso Banco, que poderão fornecer referências pessoais.

_______________

Ganhadores :

Cyntia Helayne Paixão Raasch Gomes, da Cenibra, de Ipatinga/MG

Valério Carlos Faust, de Tubarão/SC



____________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 18/3/2010 15:17