quarta-feira, 21 de outubro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Empresas e moradores da região do Paraíso sofrem com quedas sucessivas do fornecimento de energia elétrica

Moradores e empresas da região do Paraíso, zona Sul de São Paulo, sofrem há vários meses com problemas constantes de quedas no fornecimento de energia elétrica. As queixas realizadas para a Eletropaulo dão conta de que chegaram a acontecer mais de cinco interrupções no fornecimento de energia elétrica em um único mês (março/2010) em ruas como: Manoel da Nóbrega, Mário de Amaral, Teixeira da Silva, Tutóia e Alameda Santos.

terça-feira, 30 de março de 2010


Queda de energia

Empresas e moradores da região do Paraíso sofrem com quedas sucessivas do fornecimento de energia elétrica

Moradores e empresas da região do Paraíso, zona Sul de São Paulo, sofrem há vários meses com problemas constantes de quedas no fornecimento de energia elétrica. As queixas realizadas para a Eletropaulo dão conta de que chegaram a acontecer mais de cinco interrupções no fornecimento de energia elétrica em um único mês (março/2010) em ruas como: Manoel da Nóbrega, Mário de Amaral, Teixeira da Silva, Tutóia e Alameda Santos.

Após diversas reclamações na Eletropaulo, os moradores e empresários recebem a mesma resposta : "problemas na subestação do Ibirapuera" ou "problemas causados pelas chuvas".

A advogada Ana Luisa Porto Borges, do Peixoto E Cury Advogados, banca de advocacia empresarial que está localizada na esquina das Ruas Mário Amaral e Teixeira da Silva, informa que nos últimos sete dias, o escritório sofreu queda no fornecimento de energia elétrica por mais de dez horas.

"Na semana passada, ficamos sem luz na quinta (25/3), a partir das 14h, e na sexta (26/3), das 10h às 18h. Isso provoca um grande prejuízo ao trabalho, acarretando enormes riscos, uma vez que, como atuamos no contencioso, temos prazos a cumprir. É evidente que, no mundo globalizado em que vivemos, os servidores, sistema de telefonia PABX e computadores são instrumentos essenciais para a adequada prestação de serviços de natureza jurídica e satisfatório atendimento a seus clientes nacionais e internacionais. Vamos entrar com as medidas judiciais cabíveis", afirma.

______________

______________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 30/3/2010 14:09