segunda-feira, 30 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Resultado do sorteio da obra "20 Anos de Advocacia"

Veja quem ganhou a obra coletiva "20 Anos de Advocacia" (Del Rey - 621), coordenada por José Anchieta da Silva e Ricardo A. Malheiros Fiuza.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011


Sorteio de obra

Duas décadas de história completa o escritório José Anchieta da Silva Advocacia - JASA. Para evidenciar o espírito da equipe, a banca apresenta a obra coletiva "20 Anos de Advocacia" (Del Rey - 621), coordenada por José Anchieta da Silva e Ricardo A. Malheiros Fiuza. Com 27 artigos escritos por integrantes do escritório, o título versa sobre vários temas do Direito.

"Nesses vinte anos de existência, JASA acumulou rica história. Por exemplo, tomou a iniciativa de defender os interesses do Estado de Minas Gerais e dos acionistas da CEMIG (O Estado como acionista controlador), na venda de ações de controle da Companhia Energética de Minas Gerais - CEMIG. Uma bela história.

Participamos, ativamente, dos Institutos de Advogados de Minas Gerais, de São Paulo e o Brasileiro (do Rio de Janeiro), além de integrarmos o Conselho Jurídico da Associação Comercial de Minas, o Centro de Estudos de Escritórios de Advocacia - CESA, o Instituto Brasileiro de Estudos de Recuperação de Empresas - IBR, em São Paulo. Apoiamos, institucionalmente, a Câmara de Arbitragem Empresarial Brasil - CAMARB. Somos membros da Associação dos Advogados de São Paulo - AASP, do Instituto de Ciências Penais - ICP e do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais - IBCCRIM. Contribuindo com essas instituições, JASA teve participação marcante na tramitação congressual, por exemplo: das modificações na legislação das sociedades anônimas; na construção da nova lei de falências e de recuperação de empresas; e, nos últimos tempos, no anteprojeto de novo Código de Processo Civil. São ricas histórias.

Nosso trabalho se compreende na advocacia consultiva e contenciosa, principalmente nas áreas de "Recuperação de Empresas" e de "Falências", do "Direito Societário", da "Arbitragem", do "Direito Penal Econômico" e do "Direito do Trabalho" para empresários.

Comprometidos com ações culturais, em exercício de advocacia Pro Bono, as iniciativas de JASA se fizeram presentes na celebração do tricentenário da terra natal do Presidente Affonso Penna, empreendendo restaurações e trazendo de volta à sua terra, os restos mortais do primeiro presidente da República que Minas deu ao Brasil, trazendo, também, o mausoléu presidencial. Os estabelecimentos do escritório, em Belo Horizonte, estão localizados em imóveis tombados, restaurados e revitalizados. São, também, longas e belas histórias.

A advocacia compreende ofício e arte e o advogado é um agente de transformação social. Porque estamos convencidos disso é que fizemos inserir em nosso folder de apresentação que : o exercício da advocacia de trincheira, livre e independente exige daqueles que a praticam sensibilidade e responsabilidade social maiúsculas. Exige ainda um comprometimento pessoal com as soluções propostas. Esta é a síntese do nosso pensamento." José Anchieta da Silva

Sobre os coordenadores :

José Anchieta da Silva é advogado formado pela UFMG. Mestre em Direito Comercial pela UFMG. Professor universitário. Presidente do IAMG - Instituto dos Advogados de Minas Gerais, 2º mandato. Membro do IAB - Instituto dos Advogados Brasileiros. Membro do IASP - Instituto dos Advogados de São Paulo. Associado à AASP - Associação dos Advogados de São Paulo. Conselheiro da OAB/MG. Árbitro da Câmara de Arbitragem Empresarial Brasil - CAMARB. Árbitro da Câmara Mineira de Mediação e Arbitragem - CAMINAS. Árbitro da Câmara Arbitral da Bolsa de Mercadorias de Minas Gerais - MINASBOLSA. Advogado e consultor da Bolsa de Valores de MG, ES e Brasília. Sócio da banca José Anchieta da Silva Advocacia - JASA.

Ricardo Arnaldo Malheiros Fiuza tem cursos de especialização nas Universidades de Évora e de Lisboa e no Centro de Estudos Judiciários, em Portugal; na Universidade de Nova Iorque e na École Nationale de la Magistrature, na França. É professor de Teoria Geral do Estado e de Direito Constitucional da Faculdade Milton Campos, em Belo Horizonte, membro da Comissão de Seleção do Instituto dos Advogados de Minas Gerais e diretor da "Revista do Instituto dos Advogados de Minas Gerais". Foi consultor jurídico da ONU para o Timor-Leste e diretor adjunto da Escola Nacional da Magistratura, na presidência do ministro Sálvio de Figueiredo Teixeira. É autor dos livros jurídicos "O Poder Judiciário no Brasil", "Lições de Direito Constitucional e Teoria Geral do Estado", "Direito Constitucional Comparado", "Aulas de Teoria do Estado", em co-autoria com Mônica Aragão, bem como inúmeros artigos e obras literárias. Realizou palestras e conferências em vários Estados do Brasil e no exterior, principalmente em Portugal. Pertence à Academia Mineira de Letras Jurídicas, à Academia Mineira de Direito Militar, à Academia Mineira de Letras e ao Instituto de Direito Comparado Luso-Brasileiro. É oficial da Ordem do Infante D. Henrique, de Portugal.

_______________

 Ganhadora :

Melissa Sualdini Adrien Fer, advogada da Serveng-Civilsan S/A, de São Paulo/SP


_________________

Adquira já o seu :












_______________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 7/1/2011 11:13