terça-feira, 1 de dezembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Revolução Constitucionalista

Exposição na FDUSP resgata a Revolução de 32

Mostra marca comemoração dos 185 anos de criação dos cursos jurídicos e Dia do Advogado.

terça-feira, 31 de julho de 2012

Concentração de voluntários na Faculdade, onde emanou a revolta e eram distribuídas armas para os revolucionários

A FDUSP - Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo inaugura dia 7/8 a exposição "A Faculdade de Direito e a Revolução de 32". A mostra marca os 185 anos de criação dos cursos jurídicos no Brasil e faz parte das comemorações do Dia do Advogado, em 11/8.

Por meio de imagens e de textos, será restada a história da Revolução Constitucionalista de 1932, vivida intensamente por professores, alunos, antigos alunos e funcionários da FDUSP. Na ocasião, a Faculdade do Largo de São Francisco se transformou em um quartel civil do movimento político e ideológico, cuja bandeira maior era a volta ao Estado de Direito em vista da supressão da Constituição de 1891 pelo governo Getúlio Vargas.

A mostra tem ainda o objetivo de levar às novas gerações compreender o que foi aquela luta e como ela se vinculava à Faculdade de Direito, que era, em última instância, a instituição em que se tinham formado quase todos os presidentes civis da Primeira República no Brasil, de Prudente de Moraes a Washington Luis, este deposto em 1930.

O lançamento da exposição ocorre às 18h30, com comentários feitos pelo professor Antonio Magalhães Gomes Filho, diretor da Faculdade de Direito. Depois, haverá declamações poéticas de Paulo Bomfim, seguidas do painel "80 Anos da Revolução de 32", proferido pelo presidente da Academia Paulista de História, Luiz Gonzaga Bertelli.

A abertura oficial está marcada para as 19h30, na Sala Visconde de São Leopoldo.

Exposição

"A Faculdade de Direito e a Revolução de 32"

Quando - 7/8/12

Local - Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo
Largo de São Francisco, 95, 1º andar
Edifício Histórico

Informações - (11) 3111 - 4037

Recentemente, Migalhas visitou o Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo - IHGSP, que guarda um emocionante memorial dedicado à Revolução Constitucionalista.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 31/7/2012 17:32