domingo, 24 de janeiro de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Educação

Estudante tem direito ao diploma independente de efetivação do Enade

Decisão é da 5ª turma do TRF da 1ª região.

sábado, 15 de setembro de 2012

A 5ª turma do TRF da 1ª região manteve sentença que, nos autos do MS impetrado por um estudante contra ato do diretor-geral da União Sul-Americana de Educação Ltda., concedeu, em parte, a segurança para garantir ao impetrante a colação de grau especial e posterior expedição de diploma.

Ao analisar a remessa oficial, o relator, desembargador Federal Souza Prudente, destacou que a sentença não merece reparos "na medida em que [...] aplicou à espécie dos autos a solução que melhor se amolda à situação fática em que se encontra o impetrante", assegurando-lhe o direito à colação de grau e diplomação no curso de sistema de Informações, junto à Faculdade União Americana de Educação Ltda., independentemente de efetivação do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), em virtude da integralização curricular.

Para o relator, o Enade não é a única forma de avaliação dos estudantes, admitindo-se, inclusive, a adoção de procedimentos amostrais na sua realização, "afigurando-se desproporcional e incompatível com os próprios objetivos do exame atrasar a colação de grau do impetrante, mormente, na espécie, em que não se verifica qualquer prejuízo à Universidade e/ou terceiros".

Ademais, o desembargador lembrou que se trata de situação que já se consolidou pelo decurso do tempo, uma vez que a decisão liminar que possibilitou ao estudante a colação de grau foi exarada há mais de dois anos. Ainda, que a reforma da decisão traria desnecessários prejuízos ao impetrante.

Com tais fundamentos, a turma, de forma unânime, nos termos do voto do relator, negou provimento à remessa oficial.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 14/9/2012 15:11