segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

OAB

Câmara rejeita urgência para PL que acaba com exame de Ordem

Placar ficou em 233 votos contra e 145 a favor.

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

O plenário da Câmara rejeitou, por 233 votos a 145 e 6 abstenções, o regime de urgência para o PL 2.154/11, do deputado Eduardo Cunha (PMDB/RJ), que põe fim à exigência do exame da OAB para o exercício da advocacia.

De acordo com o deputado, o argumento da OAB para a manutenção do exame é a baixa qualidade dos cursos de Direito do país, porém "nenhum curso é criado no Brasil sem ser ouvida a opinião prévia da OAB". O parlamentar disse ainda que considera o exame "um caça-níqueis". Conforme ele, a prova tem "pegadinhas", e existe uma verdadeira "indústria" de cursos de preparação para o exame.

Após a votação, a ordem do dia foi encerrada.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 4/12/2012 20:15

LEIA MAIS