segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Injustiça

Presos oficiais e advogada investigados por corrupção

Ivestigação realizada pelo MP/SP, apurou pagamento de propina a oficiais de Justiça em Bauru.

terça-feira, 7 de maio de 2013

Nesta segunda-feira, 6, o MP/SP, por meio do GAECO, deu início a ação que prendeu cinco oficiais de Justiça, uma advogada e três empresários investigados por corrupção ativa e passiva e formação de quadrilha. O objetivo da operação, batizada de "Injustiça", é desmantelar organização criminosa composta por oficiais de Justiça do Fórum de Bauru, que, supostamente, recebiam propina para cumprir mandados de busca e apreensão de veículos financiados e não pagos.

A investigação, que durou oito meses, apurou que os oficiais de Justiça, em acordo com pessoas que atendiam ao interesse de empresas de cobranças, criaram um esquema de corrupção em que, segundo o MP/SP, recebiam de R$300 a R$750, em espécie ou cheque, por veículo localizado e apreendido com agilidade.

Segundo o MP/SP afirma, um dos funcionários também é investigado por envolvimento com narcotraficantes e pela prática de compra de votos e diversos outros crimes eleitorais cometidos na época das eleições municipais de 2012.

O Poder Judiciário de Bauru determinou, além da prisão dos funcionários, a imediata suspensão do exercício do cargo de todos os agentes públicos envolvidos.

Fonte: MP/SP

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 7/5/2013 09:19