quinta-feira, 26 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Comissão da verdade

Concluído projeto do Memorial da Advocacia

O memorial deverá ser construído na sede da auditoria militar.

segunda-feira, 3 de junho de 2013

O projeto de ocupação da antiga sede da auditoria militar, elaborado pela OAB/SP, Alesp, MPF e o Núcleo de Preservação da Memória Política, já está pronto e foi protocolado na Superintendência do Patrimônio da União no dia 14/5, junto com as plantas e o memorial. O espaço será voltado à área de convivência, preservação, pesquisa, exposição, debates envolvendo o período ditatorial.

O presidente da OAB/SP, Marcos da Costa, ressalta que a recuperação da memória da advocacia no período ditatorial, dentro da Comissão da Verdade, vai abranger três segmentos de depoimentos de advogados: os que atuaram em defesa dos presos políticos, os que atuaram em defesa de sindicalistas e operários e os que atuaram em defesa das prerrogativas profissionais.

Na avaliação do vice-presidente da Comissão da Verdade da seccional de SP, Belisário dos Santos Júnior o projeto deve estar implantado em um ano, mas depende ainda de vencer etapas burocráticas nas três esferas de governo (União, Estado e Município).

Depoimentos em Conjunto

A Comissão da Verdade da OAB/SP pretende ouvir depoimentos de advogados paulistas em conjunto com a Comissão Nacional da Verdade, presidida pela advogada Rosa Maria Cardoso, que já realizou esses depoimentos em outros Estados, e com a Comissão da Verdade estadual, presidida por Adriano Diogo. Para Belisário, esses depoimentos em conjunto evitam a duplicidade e podem apontar as práticas jurídicas da época, principalmente nos processos da Justiça Militar.

__________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 3/6/2013 07:32