segunda-feira, 23 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Prosa e verso

Luta meu povo

O advogado Vadim Arsky envia, em versos, sua proposta para que a CF permita o registro de candidaturas sem partido político

terça-feira, 18 de junho de 2013

Acompanhando as manifestações, e torcendo para que surja daí uma reforma política, o advogado Vadim Arsky envia, em versos, sua proposta para que a CF permita o registro de candidaturas sem partido político, de modo que candidatos independentes possam surgir. Confira.

___________

LUTA MEU POVO

Vadim


Oh! Meu povo brasileiro!
Perdestes o jeito faceiro.
A tua ginga de bamba,
Tua cadência de samba
Ao desfilar na avenida!

Perdestes a fé e a inocência,
Refém de uma violência
Que te aprisiona e sufoca,
Enquanto a polícia nem nota
Sequer a tua existência!

Restou-te então ir à praça!
Em vez do samba, a marcha;
Em vez do canto, bravatas;
Em motes de passeatas
Por causa de vinte centavos.

Desse motivo duvido
Mas tu és um povo sofrido
Esquecido e só lembrado
No momento em que é obrigado
A depositar seu voto.

Eu te estendo minha mão
Mas creio que a solução
Pra mudar esse processo
Está em ter no Congresso
Alguém que te represente.

Tens que ter um candidato
Mas que seja teu de fato
E não trabalhe escondido
Sob o manto de um Partido
Fazendo-te de palhaço.

Tira já da Constituição
A infame obrigação
De filiação obrigatória

Porque o povo unido
Não precisa de partido
Para chegar à vitória.

Brasília, 18 de Junho de 2013.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 18/6/2013 11:16