quarta-feira, 2 de dezembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Mensalão

JB determina prisão de Roberto Jefferson

Delator do mensalão queria ficar em prisão domiciliar.

sábado, 22 de fevereiro de 2014

O presidente do STF, ministro JB, determinou nesta sexta-feira, 21, a prisão do presidente licenciado do PTB e ex-deputado Federal Roberto Jefferson, condenado a sete anos e 14 dias de prisão em regime semiaberto na AP 470. Jefferson deverá cumprir a condenação em um presídio do RJ.

Barbosa rejeitou pedido de defesa de Jefferson, feito no final do ano passado, para que o condenado cumprisse prisão domiciliar devido ao seu estado de saúde. Em 2012, o ex-parlamentar fez uma cirurgia para retirada de um tumor no pâncreas.

Após perícia médica feita a pedido do ministro JB, os médicos do INCA concluíram, em dezembro do ano passado, que o estado de saúde de Jefferson não indica necessidade de cumprimento da pena em casa ou no hospital. Segundo os médicos, o ex-deputado deve usar regularmente medicamentos e seguir dieta prescrita por nutricionista.

A VEP do RJ, responsável por efetivar o cumprimento da condenação, também informou ao Supremo que o sistema carcerário do Estado pode cumprir as recomendações sugeridas pela junta médica. Após a manifestação da VEP, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, também emitiu parecer contra o pedido de prisão domiciliar.

  • Processo relacionado : AP 470

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 22/2/2014 08:46