sexta-feira, 22 de janeiro de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Ameaças

PF investiga ameaças de morte a Joaquim Barbosa

Um dos identificados é Sérvolo de Oliveira e Silva.

segunda-feira, 12 de maio de 2014

A pedido do STF, a Polícia Federal investiga ameaças de morte ao ministro JB em perfis de redes sociais na internet. Em um dos dois inquéritos de investigação, a PF descobriu que um dos que ameaçaram o ministro foi Sérvolo de Oliveira e Silva, secretário de organização do diretório do PT em Natal e membro da Comissão de Ética do partido no RN.

 

"Joaquim Barbosa seu desgraçado você vai morrer de câncer ou um tiro na cabeça. E quem vai mandar fazer isso são seus 'amigos', são os senhores do novo engenho, seu capitão do mato, seu infame, seu traidor... tirem as patas dos nossos heróis!", postou o petista no perfil do Facebook com o nome de Sérvolo Aimoré-Botocudo de Oliveira.

No segundo inquérito, a PF apura a identidade de um militante virtual que na internet atende pelo nome de Antonio Granado. "Contra Joaquim Barbosa toda violência é permitida, porque não se trata de um ser humano, mas de um monstro e de uma aberração moral das mais pavorosas".

"Joaquim Barbosa deve ser morto. Ponto Final. Estou ameaçando a um monstro que é uma ameaça ao meu país. Barbosa é um monstro e como monstro deve ser tratado", continuou. De acordo com a Veja, já se sabe que as ameaças partiram de um computador de Brasília e que entre os que compartilharam a campanha para matar o ministro estão deputados e dirigentes do PT e do PCdoB.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 12/5/2014 12:16