sábado, 28 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Prerrogativas

Advogado de MS é detido e algemado após sair em defesa de cliente

Causídico tentava registrar cena de cliente algemado em viatura.

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

O advogado sul-mato-grossense Jeferson Antonio Baqueti foi detido e algemado no último domingo, 16, em Dourados/MS, após tentar registrar uma ação policial e a cena de seu cliente - detido por direção perigosa - algemado no banco de trás da viatura.

De acordo com a OAB/MS, o profissional teria questionado os policiais a respeito do procedimento, tendo em vista que o cliente não oferecia qualquer resistência, e, sem obter resposta, tentou registrar o fato em seu aparelho, momento no qual foi detido.

O vídeo da investida dos policiais contra o advogado chegou ao conhecimento da OAB/MS, que afirmou em nota que vai apurar a prisão do advogado, considerada "uma grave infração às prerrogativas do advogado durante o exercício da sua profissão".

"O advogado é inviolável no exercício da advocacia. Se agem de forma incontrolável contra quem está ali para defender o cidadão, o que esperar da atuação desses entes que devem garantir a segurança de toda a sociedade?", questionou o presidente da OAB/MS, Júlio Cesar Souza Rodrigues.

Alegando arbitrariedade da prisão, o presidente nacional da Ordem, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, ainda anunciou que a OAB Nacional entrará em contato com o governo do Estado e com o comando da PM para exigir o afastamento dos oficiais "responsáveis pelo desrespeito às prerrogativas do advogado".

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 19/8/2015 08:49