sábado, 28 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Justiça do Trabalho

TNG é condenada por exigir uniforme para funcionários da própria grife

Decisão é da 3ª turma do TST.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

A 3ª turma do TST manteve decisão que determinou à marca de roupas TNG a restituição de valores gastos por funcionária com aquisição de uniforme.

A loja exigia roupa da própria grife no trabalho, e dava um desconto de 50% aos trabalhadores para sua aquisição, e eles arcavam com a outra metade.

O relator do recurso da TNG no Tribunal, ministro Alexandre Belmonte, não conheceu do recurso da empresa. Ainda, manteve a condenação por dano moral fixado em R$ 10 mil por revista de bolsas e sacolas, revista essa feita na presença de clientes.

A decisão foi unânime, com os votos dos ministros Alberto Bresciani e Mauricio Delgado.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 15/2/2017 09:55