quarta-feira, 28 de outubro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

TJ/MG

Justiça mineira poupa recursos com plano de logística sustentável

Comarcas passaram a contar com instrumento para controlar as despesas das unidades judiciárias.

sábado, 20 de janeiro de 2018

O Núcleo de Sustentabilidade do TJ/MG, presidido pela desembargadora Mônica Libânio, desenvolveu no decorrer do ano ações do PLS - Plano de Logística que resultaram na economia de recursos e conscientização dos colaboradores sobre o tema da sustentabilidade.

Para aprimorar os mecanismos de gestão de custos e o cumprimento de metas do PLS, as comarcas passaram a contar com um instrumento para controlar as despesas das unidades judiciárias, e os resultados verificados foram uma economia de 2,69% no consumo de água, 23,57% no consumo de energia e 2,07% no custo de telefonia.

Ações

Campanhas viabilizadas pela Calsus - Comissões de Apoio à Logística Sustentável, presentes em 88 comarcas, alcançaram outros resultados importantes no que concerne ao consumo sustentável: a redução de 22% nos gastos com copos plásticos e o remanejamento, através da devolução de itens, de 4,5 mil objetos de papelaria. Essa última iniciativa acarretou uma economia de aproximadamente R$ 27 mil.

Para estimular a solidariedade, a ação recolheu e redistribuiu materiais de escritório, evitando desperdício. Integrante da Calsus em Sete Lagoas, a servidora Valéria Aparecida Fonseca Rosostolato destaca que sedimentar a conscientização socioambiental é tarefa árdua, mas os primeiros passos já estão sendo dados. Um exemplo é a prática sustentável que o setor do Comissariado da Infância e da Juventude da comarca adotou.

"Ante a necessidade de reduzir gastos com papel, impressão, telefonemas, postagens e combustível, criamos um grupo no Whatsapp composto pelos comissários voluntários.Com as escalas e convocações para as fiscalizações feitas pelo aplicativo, diminuíram, consideravelmente, os custos com o serviço. No início, muitos não queriam aderir à ideia, mas conseguimos mostrar a praticidade e funcionalidade desse meio de comunicação".

A parceria firmada com a Asmare - Associação dos Catadores de Papel, Papelão e Material Reaproveitável permite que todo o lixo reciclável descartado nos prédios do TJ/MG, em Belo Horizonte, seja encaminhado para a associação. A cada mês são recolhidos cerca de 500 mil litros de material reaproveitável, número que corresponde a cerca da metade de todo o lixo descartado.

Conscientização

A Semana do Servidor, que teve como tema "Sustentabilidade: Atitudes que Transformam", contou com uma programação rica para debater o assunto e conscientizar os servidores da importância de cuidar do meio ambiente. Foram palestras, exposições de fotografia, filme e a premiação do concurso "Gente que Faz - Ideias Sustentáveis".

O 1º lugar foi para Tiago Nogueira Starling, assessor de precatórios da 6ª câmara Cível, Belo Horizonte, pela ação "Digitalização de ofícios requisitórios para envio a devedores"; o 2º lugar foi para Valdinea Aparecida Perpétuo, oficiala judiciária da Celog - Central de Logradouros, Belo Horizonte, pela ação "Uso consciente do papel"; e o 3º, para Elenice Mundim Oliveira Silva, oficiala de apoio judicial da 3ª vara Cível de Araguari, pela ação "Sustentabilidade aplicada na reutilização das capas plásticas".

Informações: CNJ

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 16/1/2018 12:19