domingo, 25 de outubro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Auspicioso

Programa de estágio e retenção de talentos auxiliam no crescimento de escritório gaúcho

Com planos de expansão para 2018, Silveiro Advogados fechou ano em franco crescimento.

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

A banca Silveiro Advogados encerrou 2017 registrando crescimento no faturamento em relação a 2016, alta que reflete também no aumento do número de profissionais e planos de expansão de estrutura. "Para o início de 2018 está programada uma grande mudança de sede em Porto Alegre. O escritório ocupará aproximadamente 1.000 m² de um novo prédio, situado na zona empresarial mais disputada da cidade", adianta o sócio e diretor geral do escritório, Rodrigo Mutti.

Mas além da expansão física (em 2016, a sede paulistana também ganhou novo espaço), o bom aproveitamento dos talentos da Escola de Advocacia João Carlos Silveiro também tem contribuído para a manutenção do crescimento sem perda da cultura do escritório. A ideia por trás do programa de estágio é formar profissionais qualificados no campo jurídico, mas que tenham perfil multidisciplinar, capazes de o negócio dos clientes. "Dentro do projeto da EAJCS, além da experiência intensa com a advocacia, colocamos os estagiários em contato com pessoas de sucesso de diversas áreas, proporcionando uma visão holística do universo empresarial", explica Mutti.

Um dos exemplos deste ano foi a apresentação do consultor em estratégia e branding Arthur Bender, que transmitiu aos estagiários conhecimentos importantes para uma carreira bem-sucedida. Fatores como reputação, confiança, imagem, atitude e motivação foram alguns dos itens analisados por Bender. O especialista mostrou casos em que carreiras sólidas, criadas durante anos, foram destruídas em poucas horas, por conta de uma frase errada, ou uma entrevista mal direcionada. "Não podemos nos esquecer de que a reputação nos precede nos negócios, todos os dias", disse.

A escola é uma iniciativa pioneira e que consolidou o tradicional programa de estágio do escritório, responsável por formar mais de 90% dos sócios desde a fundação da banca. A EAJCS tem como primeiro coordenador o sócio Vitor de Paula Ramos, em parceria com os demais sócios, transmitindo a filosofia e o jeito de advogar do fundador: advocacia ética, dedicada, preocupada em ir à raiz dos problemas, e em buscar soluções mais rápidas, perenes e menos custosas possíveis.

________________


Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 8/2/2018 08:41