quinta-feira, 29 de outubro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Adiado júri de acusado do assassinato do juiz de Presidente Prudente

X

terça-feira, 15 de agosto de 2006

 

Só no ano que vem

 

Adiado júri de acusado do assassinato do juiz de Presidente Prudente

 

Foi adiado para o dia 12 de fevereiro de 2007 o julgamento de João Carlos Rangel Luisi, principal acusado pelo assassinato do juiz-corregedor dos presídios e da Vara de Execuções Criminais de Presidente Prudente, Antonio José Machado Dias. O crime aconteceu em março de 2003, quando o magistrado foi vitima de uma emboscada ao deixar o prédio do Fórum.

 

O julgamento deveria ter sido realizado ontem (14/8), mas a juíza Liza Livingston, do 1º Tribunal do Júri, teve que adiar a sessão porque os advogados do acusado se recusaram a entrar em plenário e deixaram o prédio do Fórum Criminal Ministro Mário Guimarães. Os defensores quiseram pedir o adiamento do julgamento pouco antes de seu início, mas a juíza determinou que os requerimentos e deliberações fossem apresentados na sessão plenária.

 

Após anunciar o adiamento da sessão, a juíza nomeou um defensor público, que deverá representar o réu, caso seus advogados não compareçam à sessão de julgamento marcada para fevereiro do ano que vem.

__________

 

 

 

 

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 15/8/2006 08:33