sexta-feira, 23 de outubro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

CONTRAPONTO entrevista Celso Limongi e Paulo Bomfim

X

terça-feira, 19 de setembro de 2006


Convidados ilustres


CONTRAPONTO entrevista Celso Limongi e Paulo Bomfim

 

O presidente do TJ/SP, Celso Limongi, é o entrevistado do CONTRAPONTO desta quarta-feira, às 22h30 na TV Justiça, para todo o Brasil.

 

Nesta edição, que abre a nova série de entrevistas do programa, o ilustre desembargador conversa com a apresentadora Cacilda Decoussau Affonso Ferreira sobre temas fortes e densos, como pena de morte, "juízes sem rosto" e ataques do PCC. E mais. Atentando para a dificuldade de comando sobre os 360 desembargadores da Casa Maior de Justiça do Estado, Limongi não descarta outras batalhas de âmbito nacional, como as CPIs e as eleições brasileiras.

 

Todavia, reafirma o seu sentimento de esperança por um Brasil melhor. Sempre tranqüilo e sereno Celso Limongi se ilumina ao falar dos sentimentos e princípios religiosos. Vale lembrar que os mandamentos e os pecados capitais não ciranda jornalística. O CONTRAPONTO vai ao ar pela TV Justiça na quarta-feira às 22h30, com reprises na sexta-feira às 12h, domingo às 10h e segunda-feira às 16h30.

 

PAULO BOMFIM

 

Há dias de completar 80 anos de vida, Paulo Bomfim, um dos mais ilustres poetas paulistas, é o entrevistado do CONTRAPONTO. Amável, simpático e vivendo uma eterna primavera criativa, ele fala sobre suas raízes, do amor pelo TJ/SP, por seu museu, pela "Velha e Sempre Nova Academia" e, claro, pela cidade de São Paulo.

 

À janela do Tribunal, defronte à suntuosa Catedral da Sé, o poeta nos brinda com lembranças de tempos passados, questionando "em que esquina do universo estão os lampiões de gás que iluminavam as ruas do país do nunca mais?".

 

Feliz com as diversas homenagens e comemorações de seu aniversário, fala de planos para o futuro, de jogar fora pensamentos velhos para ocupar o lugar deixado com idéias e inspirações sempre novas.

 

Numa animadíssima e, mesmo, emocionante conversa com a apresentadora Cacilda Decoussau Affonso Ferreira, Paulo Bomfim fala de suas obras, desde "Antonio Triste", seu primeiro livro, até "Janeiros de Meu São Paulo" que chegará às livrarias no início do mês. Com fluidez e espontaneidade impressionantes, antecipa-nos alguns versos novos e comove-se ao lembrar de velhos amigos e de seu filho, lembranças fortes e permanentes em sua vida, por ele mesmo definida "um chegar cheio de partidas".

 

O CONTRAPONTO vai ao ar nesta quinta-feira, dia 21 de setembro, às 22h no Canal Comunitário.

______________

 

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 19/9/2006 07:36