sábado, 23 de janeiro de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Futuro promotor

Aos 11 anos, garoto sonha ser promotor e faz lives sobre Direito

O aspirante a promotor começou a se interessar por Direito aos 8 anos de idade.

quinta-feira, 20 de agosto de 2020

"Futuro promotor de Justiça". Assim se intitula Otavio Ferreira de Brito. Com apenas 11 anos, o jovem morador de Águas Claras/DF realiza "lives" no Instagram onde compartilha o que aprende sobre Direito e até entrevista profissionais da área para debater temas como a carreira jurídica e dicas para concursos públicos. Hoje, o perfil no Instagram @otavionapromotoria conta com quase 9 mil seguidores.

t

Entre os convidados de Otávio figuram delegada, professor, promotora e defensora pública. "Acho bem legal essas autoridades todas aceitarem meu convite para as conversas nas lives que faço, é uma super oportunidade de aprender sobre as carreiras deles", diz.

t

Em entrevista ao jornal Correio Braziliense, Otávio conta que o desejo pela carreira jurídica veio do exemplo do pai, Miqueias, que é soldado da PM/DF e cursa graduação em Direito, também almejando aprovação em concursos públicos.

"Meu filho começou com essa ideia frequentando minhas aulas na faculdade de vez em quando, via meus livros e se interessou pelo assunto. Expliquei para ele o trabalho de um promotor e ele começou a ler textos sobre, até artigos jurídicos."

Com cerca de 8 anos de idade, Otávio decidiu se dedicar aos estudos para prestar concurso público e ser promotor de Justiça no futuro. Mas nem sempre teve esse sonho. Ele conta que já pensou em ser youtuber, cantor, ator e médico, como sua irmã mais velha, mas, agora, decidiu ser promotor "para ajudar o Brasil a ser menos corrupto, fazer justiça, e prender criminosos".

"Espero incentivar outras crianças e adolescentes a sempre estudar, correr atrás dos seus sonhos e seguir carreiras profissionais como a promotoria, fazer concursos. Não só querer ser jogador de futebol, como a maioria. As pessoas precisam ver outras possibilidades."

O pai conta que Otávio fez buscas de perfis da carreira na internet e passou a acompanhar promotores e juízes, entre eles o promotor e professor de Direito Penal Rogério Sanches Cunha, cuja filha, Sophia, também faz lives explicando Direito. Daí surgiu a inspiração para a produção do conteúdo. Otávio é grande fã de Direito Penal e a maioria de suas dicas é sobre o assunto.

Primeiro "concurso"

Experimentando seu primeiro modelo de "concurso", no ano passado Otavio foi aprovado no processo seletivo para ingresso ao Colégio Militar Tiradentes, em Brasília, onde tem orgulho de cursar o sexto ano do Ensino Fundamental. O ingresso aconteceu após prova objetiva, redação, entrevista, teste psicopedagógico, entrega de atestado médico admissional e ficha de saúde.

Hobby

Segundo sua mãe, Lorena, os estudos sobre Direito e as lives no Instagram são um hobby, e que ele faz tudo sem pressão. "A obrigação dele é o estudo. Ele faz uma live quando está com tempo livre. Nessa quarentena, conseguiu fazer mais. Sabemos que hoje a ideia dele é essa, mas se ele mudar de opinião depois não tem problema.

A mãe, orgulhosa, conta que incentiva o filho, mas que a prioridade é a formação de seu caráter. "A gente incentiva o Otavio a ser promotor, o pai dele corre atrás do que ele precisa, mas ele começou toda essa história por conta própria. Temos muito orgulho!"

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 21/8/2020 11:44