sábado, 28 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

José Marcos Rodrigues Vieira toma posse no TJ/MG como novo desembargador

O advogado José Marcos Rodrigues Vieira toma posse como desembargador do TJ/MG na próxima segunda-feira, 30/3, às 17h. A solenidade de posse será no auditório da Unidade Raja Gabaglia (av. Raja Gabaglia, n° 1.753, no bairro Luxemburgo).

sexta-feira, 27 de março de 2009


Solenidade

José Marcos Rodrigues Vieira toma posse no TJ/MG como novo desembargador no dia 30/3

O advogado José Marcos Rodrigues Vieira toma posse como desembargador do TJ/MG na próxima segunda-feira, 30/3, às 17h. A solenidade de posse será no auditório da Unidade Raja Gabaglia (av. Raja Gabaglia, n° 1.753, no bairro Luxemburgo).

José Marcos Rodrigues Vieira foi nomeado pelo governador Aécio Neves para preencher uma vaga do chamado quinto constitucional. Ele assume o lugar do desembargador Unias Silva, que se aposentou.

A vaga do quinto constitucional é prevista pela legislação. A lei determina que um quinto dos 120 desembargadores do TJ/MG seja proveniente do Ministério Público e da categoria dos advogados, de forma alternada.

José Marcos Rodrigues Vieira foi escolhido a partir de uma lista com outros cinco nomes, encaminhada pela OAB/MG ao TJ. Da lista sêxtupla, os desembargadores da Corte Superior escolheram três nomes, encaminhados ao governador Aécio Neves, que nomeou José Marcos.

Carreira

José Marcos Rodrigues Vieira graduou-se em Direito, pela UFMG, em 1975. É especialista em Direito de Empresa pela Fundação Dom Cabral e doutor em Direito pela Faculdade de Direito da UFMG. O advogado é professor universitário, coordenador do curso de especialização em Direito Processual Civil do IAMG - Instituto dos Advogados de Minas Gerais em convênio com a PUC Minas e diretor do Departamento de Direito Processual Civil do IAMG.

Ao longo de sua carreira, José Marcos trabalhou como advogado na área cível. Atuou ainda na Advocacia-Geral do Estado e na Procuradoria Jurídica da Copasa. Também foi membro do Tribunal de Ética e conselheiro suplente da OAB/MG. O advogado é autor de diversos artigos científicos. Em 2007, recebeu a Medalha da Inconfidência.

Indicação

A lista tríplice encaminhada pelo TJ/MG ao governador Aécio Neves era formada também pelos advogados Eduardo Machado Costa e Luiz Carlos Balbino Gambogi. Na lista sêxtupla enviada pela OAB/MG ao Tribunal, constavam ainda os nomes dos advogados José Mauro Catta Preta Leal, Luciano de Araújo Ferraz e Lúcio Delfino.

__________________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 27/3/2009 09:59