segunda-feira, 23 de novembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

TJ/AL - Evento histórico marca posse solene de desembargadores

Em sessão histórica realizada na sexta-feira, 22/5, o Pleno do TJ/AL empossou solenemente os cinco novos desembargadores do Poder Judiciário, selando um compromisso institucional iniciado com ampliação do colegiado, em 2008, feito que não ocorria desde 1959.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Posse

TJ/AL - Evento histórico marca posse solene de desembargadores

Em sessão histórica realizada sexta-feira, 22/5, o Pleno do TJ/AL empossou cinco novos desembargadores do Poder Judiciário, selando um compromisso institucional iniciado com ampliação do colegiado, em 2008, feito que não ocorria desde 1959.

Na abertura da solenidade foi lida uma mensagem de saudação do desembargador aposentado José Fernando de Hollanda Ferreira, presidente do TJ à época da escolha dos novos membros do colegiado.

Os desembargadores Alcides Gusmão da Silva, Eduardo José de Andrade, Otávio Leão Praxedes e Nelma Torres Padilha, magistrados de carreira, ascenderam à Corte estadual pelos critérios de merecimento e antiguidade. O advogado Tutmés Airan de Albuquerque Melo completou o colegiado da Corte, ocupando a vaga destinada ao quinto constitucional destinado à OAB.

Desde o início do ano, os cinco novos desembargadores já ocupam os assentos do plenário do TJ/AL, que passou a contar com um total de quinze desembargadores, a partir do início deste ano. O presidente da Associação dos Magistrados de Alagoas - Almagis, juiz Maurílio da Silva Ferraz, classificou a posse solene como um marco histórico e um momento de alegria para o Judiciário alagoano. "A Almagis teve uma participação efetiva nas tratativas e no pedido que deu origem ao aumento do número de desembargadores", destacou.

O governador Teotônio Vilela Filho declarou confiança na continuidade das relações harmônicas entre os dois poderes. "A posse dos novos desembargadores vai simbolizar mais celeridade ao trabalho do Poder Judiciário", disse o governador.

Para a presidente em exercício da OAB de Alagoas, Raquel Cabus, o ingresso de um advogado ao cargo de desembargador contribui para a melhoria da qualidade dos serviços prestados. "Como alguém que viveu a realidade do Direito e as pressões por celeridade, o desembargador Tutmés vai saber acolher os pleitos dos advogados e atender as demandas", afirmou.

Mesa

Compuseram a mesa solene a presidente do TJ/AL, desembargadora Elisabeth Carvalho Nascimento; o governador Teotônio Vilela Filho; o corregedor-geral da Justiça, desembargador José Carlos Malta Marques; os desembargadores Orlando Manso, Estácio Gama, Washington Luiz, Mário Ramalho, Sebastião Costa e James Magalhães, os desembargadores empossados; o juiz convocado Celírio Adamastor Acioli; o procurador-geral de Justiça substituto Eduardo Malheiros; a diretora-geral do TJ/AL, Irani Magalhães; o desembargador federal Paulo Roberto Oliveira, representando o TRF da 5ª Região; a vice-prefeita de Maceió, Lourdinha Lyra; a reitora da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Ana Dayse Dória; a procuradora federal Maria do Carmo Villas Boas Costa; a vereadora Fátima Santiago, representando a Câmara Municipal de Maceió; a procuradora de Estado Marialba Braga, representando PGE; o vice-presidente do TRT da 19ª Região, José Severino dos Santos; o vice-presidente do Tribunal de Contas, Otávio Lessa; a presidente em exercício da OAB/AL, advogada Raquel Cabus; o presidente da Almagis, juiz Maurílio da Silva Ferraz; e o presidente do Sindicado dos Servidores da Justiça de Alagoas (Serjal), Emídio Gonzaga Júnior.

Trajetória dos novos desembargadores

Alcides Gusmão da Silva chegou ao cargo de desembargador pelo critério do merecimento, em 26 de janeiro de 2009, após 23 anos de atuação na magistratura. Natural de Maragogi, é formado em Direito e em Psicologia pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Seu ingresso na magistratura ocorreu em 1986, na Comarca de Traipú.

Eduardo José de Andrade foi aclamado desembargador pelo critério de antiguidade, em 26 de janeiro de 2009, após 33 anos de carreira no Poder Judiciário. Nascido no município de São José da Lage, formou-se em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Atuando na magistratura desde 20 de abril de 1976, iniciou suas atividades como juiz substituto da comarca de Batalha (1ª entrância).

Otávio Leão Praxedes foi eleito desembargador pelo critério de merecimento, após 23 anos de atuação na magistratura. Natural de União dos Palmares, é graduado em Direito pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL), possui curso de pós-graduação em Direito Processual Civil e também é graduado em Administração Pública. Sua carreira na magistratura foi iniciada em dezembro de 1986, quando foi designado para a 2ª Vara da comarca de Delmiro Gouveia.

Nelma Torres Padilha chegou ao cargo de desembargadora pelo critério de antiguidade em 26 de janeiro de 2009, depois de 33 anos na magistratura. Natural de Viçosa, graduou-se em Direito e em História pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Ingressou na magistratura em junho de 1976, como juíza substituta da comarca de Porto de Pedras (1ª entrância). Também é membro da Academia Alagoana de Letras e Artes de Magistrados.

Tutmés Airan de Albuquerque Melo foi escolhido para o cargo de desembargador ao ser eleito para ocupar a vaga do Quinto Constitucional reservada a (OAB/AL). Natural de Arapiraca, graduou-se em Direito pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL). É especialista em Ciências Jurídicas pela UFAL, mestre em Direito Público pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e fundador da Defensoria Pública do Estado de Alagoas.

_______________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 25/5/2009 13:17